Esporte

Gorbachev pede que atletas russos "limpos" possam participar dos Jogos do Rio

22/07/2016 14h43

Moscou, 22 jul (EFE).- Último líder da União Soviética, Mikhail Gorbachev, enviou nesta sexta-feira uma carta ao presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), Thomas Bach, para pedir que atletas russos não acusados de doping possam participar dos Jogos Olímpicos de 2016, no Rio de Janeiro.

"Me preocupa e me indigna profundamente a possibilidade que, caso os atletas russos acabem excluídos dos Jogos, sejam punidos também os inocentes", afirmou Gorbachev em sua carta ao dirigente alemão.

O ex-líder soviético disse que o "princípio de punição coletiva é inadmissível" e se mostrou convencido de que isso "contradiz os valores universais sempre defendidos pelo movimento olímpico".

"Espero que o senhor Bach leve em conta esses argumentos e tome uma decisão justa", disse Gorbachev.

Ao mesmo tempo, o ex-líder soviético afirmou que apoia a luta contra o doping no esporte e defendeu proibir aqueles que consumiram substâncias proibidas de competir.

"Lamento o fato de que entre os funcionários e atletas que optaram pelo doping e a falsificação há cidadãos russos. É preciso tirar conclusões, realizar uma profunda investigação, punir os culpados e tomar medidas para que isso não ocorra no futuro. Tenho certeza que assim será feito", comentou.

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, ordenou hoje a criação de uma comissão independente para combater o doping na Rússia, às vésperas de o COI decidir sobre a presença do país nos Jogos do Rio.

"A postura oficial das autoridades russas, do governo, do presidente e de todos nós confirma que no esporte não há, e não pode haver, espaço para o doping. O esporte deve ser limpo, e a saúde dos atletas deve ser garantida", disse o ex-líder soviética.

A Corte Arbitral do Esporte (CAS) rejeitou ontem, por unanimidade, o recurso apresentado por 67 atletas russos contra a decisão da Federação Internacional de Atletismo (IAAF), que decidiu suspender o atletismo russo do país por conivência com doping.

O COI tomará nos próximos dias uma decisão sobre a participação da equipe olímpica russa nos Jogos do Rio com base na decisão do CAS e em um relatório independente divulgado pela Agência Mundial Antidoping (Wada, na sigla em inglês), que acusou a Rússia de ter permitido o doping durante os Jogos de Inverno de Sochi em 2014.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo