Esporte

Rosberg é pole na Hungria em treino com 4 bandeiras vermelhas; Massa bate

23/07/2016 13h00

Redação Central, 23 jul (EFE).- Em um treino marcado pela chuva forte e interrompido quatro vezes por bandeira vermelha, o piloto alemão Nico Rosberg, da Mercedes, conseguiu neste sábado a pole position para o Grande Prêmio da Hungria de Fórmula 1, sua quarta nesta temporada, com direito a uma "ajuda" de Fernando Alonso.

No fim do Q3, o espanhol rodou e ficou com sua McLaren atravessada na pista molhada. O inglês Lewis Hamilton, companheiro de equipe de Rosberg e vice-líder do Mundial de pilotos, liderava a classificação e vinha com a parcial mais rápida, mas então teve que reduzir a velocidade em bandeira amarela. Melhor para o alemão, que, quando passou pelo local, não tinha pela frente o carro de Alonso e pôde acelerar para conseguir a volta mais rápida do treino (1min19s965).

Hamilton, cujo melhor tempo foi 1min20s108, vai largar em segundo, logo à frente dos dois carros da Red Bull: o do australiano Daniel Ricciardo e o do promissor holandês Max Verstappen.

O alemão Sebastian Vettel, da Ferrari, fez a quinta melhor volta, e o espanhol Carlos Sainz Jr, da Toro Rosso, a sexta. Alonso, protagonista às avessas, será o sétimo no grid, seguido por seu companheiro de equipe, o inglês Jenson Button.

O alemão Nico Hülkenberg (Force India) ficou com o nono tempo, e Valtteri Bottas (Williams), com o décimo. Companheiro do finlandês, Felipe Massa bateu no Q1, após perder o controle de seu carro, bateu na barreira de pneus e vai largar em 18º. Duas posições à frente, em 16º, ficou o outro brasileiro no grid, Felipe Nasr.

Por sinal, o companheiro do brasiliense na Sauber, Marcus Ericsson, provocou a segunda bandeira vermelha da sessão, no Q1, ao ir parar embaixo das placas de publicidade na saída da curva 4. O sueco terminou sua participação em 20º.

A primeira bandeira vermelha tinha sido causada pelo mau tempo, que obrigou a direção a interromper o treino por 20 minutos. Massa a fez ser acionada pela terceira vez devido a seu acidente, e o indonésio Rio Haryanto, da Manor, também bateu no Q1 e provocou a quarta paralisação.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo