Esporte

Em Hockenheim, Hamilton coloca liderança da F-1 em jogo pela 1ª vez

28/07/2016 12h29

Redação Central, 28 jul (EFE).- O britânico Lewis Hamilton, da Mercedes, que assumiu no fim de semana a liderança do Campeonato Mundial de Fórmula 1, colocará a posição em jogo pela primeira vez na temporada, no retorno do Grande Prêmio da Alemanha, que será disputado no circuito de Hockenheim.

Vencedor das últimas três provas, realizadas na Áustria, Grã-Bretanha e Hungria, o dono dos últimos dois títulos da competição chegou aos 192 pontos, ultrapassando assim o alemão Nico Rosberg, também da escuderia prateada, que está com 186.

Em Hungaroring, Hamilton chegou a 48 vitórias na carreira, ficando a três de igualar o francês Alain Prost, quatro vezes campeão mundial e segundo piloto que mais subiu ao alto do pódio na história da F-1 - atrás apenas do alemão Michael Schumacher, com 91.

Na Alemanha, justamente casa do principal concorrente na temporada, o britânico vai atrás de vencer pela terceira vez na carreira. A primeira foi em 2008, quando foi campeão, e a segunda em 2011, ambas quando defendia a McLaren.

Rosberg, por sua vez, foi o último a vencer o GP, que não foi disputado na temporada passada. Na ocasião, Hamilton foi terceiro, e o alemão chegou a abrir vantagem na ponta da temporada, que perdeu faltando cinco provas para a última bandeirada de 2014.

Curiosamente, na Hungria, os dois pilotos encerraram um jejum de seis provas sem "dobradinhas". A última aconteceu na Rússia, em 1º de maio. A sequência é a maior desde o início da "Fórmula Mercedes", em 2014, depois dos quatro títulos consecutivos do alemão Sebastian Vettel.

Logo após a dupla da escuderia alemã, a briga é acirrada pela terceira colocação na tabela, com o australiano Daniel Ricciardo, da Red Bull, aparecendo com 116 pontos, seguido pelos dois pilotos da Ferrari, o finlandês Kimi Raikkonen, da 114, Vettel, com 110, e também pelo companheiro, o holandês Max Verstappen, com 100.

Longe dessa disputa aparece Felipe Massa, da Williams, que completou na Hungria a terceira prova sem pontuar, algo que não acontecia com o brasileiro desde 2012. O piloto ocupa a nona colocação e está com apenas 38 pontos, 18 atrás do companheiro de equipe, o finlandês Valtteri Bottas.

Felipe Nasr, da Sauber, por sua vez, segue zerado na tabela de classificação do Mundial de Pilotos, mas ainda vem vencendo seu campeonato particular, o duelo com o outro piloto da escuderia, o sueco Marcus Ericsson, que superou nas últimas quatro corridas.

O Grande Prêmio da Alemanha será disputado neste domingo, às 9h (horário de Brasília), mesmo horário do treino de classificação, que acontecerá um dia antes. A primeira atividade na pista será nesta sexta-feira, às 5h (horário de Brasília).

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo