Esporte

Loja virtual do COI não cumpre 80% das normas definidas pela União Europeia

02/08/2016 09h58

Redação Central, 2 ago (EFE).- A loja virtual do Comitê Olímpico Internacional (COI) não cumpre com 80% dos critérios estabelecidos como padrão europeu de comércio eletrônico, apontou a Trusted Shops, empresa sediada na Alemanha, que certifica os sites de venda e concede selos de qualidade.

"Há deficiências muito graves, sendo bastante surpreendente que na navegação e nas áreas do direito de desistência e entrega, a loja não cumpre critério algum", aponta comunicado divulgado nesta terça-feira pela Trusted Shops.

No caso da navegação pelos produtos, o relatório da empresa diz que não há informação "clara e completa" do vendedor. Além disso, não é informado sobre os países em que não há entrega, e também que os prazos são apontados como "não determinados".

Outros aspectos negativos são o da falta de informação sobre métodos de pagamento e o preço indicado, fundamentalmente, em francos suíços e não em euros - os produtos são voltados para público europeu e não há entrega no Brasil.

"Se uma loja online se dirige a consumidores europeus, é preciso respeito as normas legais da União Europeia, inclusive, se o endereço social não está em nenhum estado-membro", afirmou Rafael Gómez-Lus, analista da "Trusted Shops".

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo