Esporte

Por ocasião dos Jogos, RSF alerta sobre perigo de ser jornalista no Brasil

03/08/2016 15h12

Paris, 3 ago (EFE).- Transformado no segundo país da América Latina mais mortal para os jornalistas, o Brasil viu como a situação da imprensa se degradou nos últimos anos, segundo uma campanha da ONG Repórteres Sem Fronteiras (RSF) lançada nesta quarta-feira na véspera do início dos Jogos Olímpicos do Rio.

Desde os Jogos Olímpicos de Londres em 2012, 22 jornalistas foram assassinados no Brasil em crimes relacionados com a profissão, aos quais pode acrescentar o aumento das agressões e ameaças recebidas nos últimos anos, indicou a organização defensora da liberdade de imprensa.

Para sensibilizar o mundo sobre esta situação, a RSF lançou uma campanha que será levada às diferentes sedes olímpicas sob o lema "Algumas vitórias não merecem medalha".

Nos últimos quatro anos, o Brasil se situou como segundo país com mais assassinatos de jornalistas da América Latina, só superado pelo México.

"Na maioria dos casos (...) cobriam ou investigavam temas relacionados com corrupção, políticas públicas e crime organizado em cidades pequenas e médias do país", indicou RSF.

A isso se somam as grandes manifestações de 2013 e 2014, marcadas por um clima de violência generalizada, que estiveram acompanhadas de agressões aos jornalistas que cobriam os eventos e de detenções arbitrárias.

A maioria das 190 agressões registradas pela Associação Brasileira de Jornalismo de Investigação foram obra da polícia, segundo a organização.

Finalmente, "a forte polarização política do país contribuiu para criar um clima de desconfiança com os jornalistas (...) insultados e agredidos pelos manifestantes que os associam com as linhas editoriais de seus meios de comunicação", acrescentou.

"Este problema não é novo. No entanto, o Estado brasileiro não tomou nenhuma medida para resolver esta questão", disse.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo