Esporte

Por suspeitas de doping, Hungria exclui 2 canoístas do Rio 2016

04/08/2016 11h04

Budapeste, 4 ago (EFE).- A Hungria afastou dois canoístas de sua equipe olímpica, antes de seguir para o Rio de Janeiro, devido às suspeitas de doping, informou nesta quinta-feira o Comitê Olímpico do país através de um comunicado publicado na internet.

Os atletas Bence Horvath e Mate Szomolanyi não viajaram para competir nos Jogos do Rio e foram substituídos por Peter Molnar e Sandor Totka.

A nova dupla húngara vai disputar a categoria K2 200 metros, enquanto que Molnar também competirá os 200 metros da modalidade K1.

Segundo a agência de controle de dopagem do país, há indícios de que os atletas afastados tomaram substâncias proibidas. As amostras foram enviadas ao laboratório da Agência Mundial Antidoping (Wada), em Londres.

Em julho deste ano, o campeão mundial Bence Dombvari já havia sido excluído da equipe de canoagem húngara que estará no Rio 2016, também suspenso por doping.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo