Esporte

Iniesta aponta Neymar como um dos favoritos para Bola de Ouro

Jon Nazca/Reuters
Meia elogiou o trio do Barça e espera que um deles seja escolhido como melhor de 2016 Imagem: Jon Nazca/Reuters

Do UOL, em São Paulo

05/08/2016 11h21

Cristiano Ronaldo e Gareth Bale, do Real Madrid, e Antoine Griezmann, do Atlético de Madrid, foram os indicados da Uefa para o prêmio de melhor jogador da Europa desta temporada. A seleção dos jogadores dos rivais do Barcelona surpreendeu o meia Andrés Iniesta. O capitão do Barça afirmou que respeita a decisão do júri, mas que havia outros jogadores que poderiam ser eleitos, como os seus companheiros de ataque.

"Meu candidato número 1 é o Leo [Lionel Messi]. Mas se fosse um companheiro, como Luis Suárez ou Ney [Neymar], eu ficaria feliz", afirmou. Lionel Messi foi condenado recentemente pela justiça espanhola a 21 meses de prisão por conta de fraudes fiscais entre os anos de 2007 e 2009. Iniesta defendeu o argentino.

"Além de ter voltado antes, ninguém põe em dúvida o comportamento que ele sempre teve com este clube. Nada muda. Leo volta muito bem, como sempre. Sempre o vi como um jogador único e tomara que siga sendo assim. Isso nos ajudará a estar mais perto de nossos objetivos", disse.

O meia, que se juntou aos treinos de pré-temporada na última segunda-feira, concedeu entrevista coletiva na sede do clube e compartilhou suas primeiras impressões sobre os novos reforços e o futuro do clube. 

"Tenho a sensação que os jogadores que vieram são de altíssimo nível. É gente jovem, importante. E a expectativa é que essa oportunidade os faça crescer. O Barcelona deve tentar a cada ano ser melhor e o que fizemos ano passado não nos bastaria para conquistarmos os títulos", afirmou.

Questionado sobre a concorrência no meio-campo, que terá oito jogadores disputando três posições, Iniesta se mostrou tranquilo e disse não ver diferenças em relação ao que viveu em outros momentos.

"Tenho muitas temporadas e sempre tive a sensação de que você tem que competir com os melhores. Este ano não é uma exceção. Não muda nada em comparação aos anos anteriores. Se isso (concorrência) me desse medo ou incerteza, não estaria aqui", garantiu.

Em seu segundo ano como capitão do Barça, Iniesta foi perguntado sobre a concorrência entre os goleiros Ter Stegen e Claudio Bravo, que recentemente se reuniram com o clube para tratar do futuro, e negou que o ambiente entre os dois esteja estremecido.

"Não se percebe nada além do que sempre foi: são jogadores deste elenco. Não vi nada diferente do que foram os treinamentos anteriores. Tudo normal e tomara que siga assim", garantiu.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo