Topo

Esporte

Quase 49 anos separam a atleta mais jovem da mais veterana nos Jogos do Rio

05/08/2016 20h53

Rio de Janeiro, 5 ago (EFE).- A diferença de idade entre a atleta mais jovem que participará dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, a nepalesa Gaurika Singh, e a mais veterana, a amazona neozelandesa Julie Brougham, é de quase 49 anos.

Singh, que competirá na natação, completa nesta sexta-feira 13 anos e 253 dias, enquanto que Brougham, cuja disciplina é o adestramento do hipismo, tem 62 anos e 77 dias.

Segundo o serviço de documentação da organização dos Jogos, a média de idade dos participantes é de 26 anos e 313 dias.

Gaurika Singh se apresentará no Rio após superar os terremotos dramáticos que devastaram seu país e, no domingo, participará da prova dos 100 metros costas com 13 anos e 255 dias.

Singh manifestou sua satisfação por estar nos Jogos, algo que considerou maravilhoso, mas um tanto surreal para uma jovem que vive no Reino Unido e acaba de começar a competir por sua escola em Hertfordshire.

A nepalesa vive ao lado de sua família em Londres, aproveitando que seu pai, Paras, médico urologista, encontrou trabalho em um hospital londrino. Em abril de 2015, a jovem viajou para seu país com sua mãe Garima e seu irmão menor Sauren para participar dos campeonatos nacionais, e foi surpreendida pelos terremotos que deixaram perto de 9 mil mortos.

"Foi terrível. Estávamos no quinto andar de um edifício (em Katmandu) e aconteceu. Não podíamos sair, portanto fomos para debaixo de uma mesa durante dez minutos no meio do quarto até que tudo parou e saímos", explicou Singh no Rio.

"Felizmente era um edifício novo e não desabou como outros ao redor", disse a jovem nadadora, declarada embaixadora de boa vontade e que volta a seu país uma vez por ano para visitar a família.

É uma das melhores nadadoras de sua idade na Grã-Bretanha e foi autorizada a competir pelo Nepal aos 11 anos.

Já a história de Julie Brougham é muito diferente. A amazona cresceu em Manawatu em uma família com grande tradição equestre e desde pequena começou a montar na fazenda o pônei Timmy, que compartilhava com sua irmã.

Aos 7 anos, Julie já tinha seu próprio pônei, Flash, e começou a participar de competições infantis. Um amigo lhe sugeriu que participasse de uma prova de adestramento e ela acabou vencendo.

Nascida em 20 de maio de 1954 em Palmerston North, a evolução de Brougham foi constante e ela começou a ganhar títulos nacionais e, finalmente, conseguiu alcançar o sonho de participar dos Jogos Olímpicos do Rio. Ela Será a terceira amazona neozelandesa que competirá nos Jogos Olímpicos, após Kallista Field (Sydney 2000) e Louisa Hill (Atenas 2004).

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte