Esporte

Magnano não vê "pontos fracos" na Espanha e pede seleção "concentrada"

07/08/2016 19h17

Rio de Janeiro, 7 ago (EFE).- O argentino Rubén Magnano, técnico da seleção brasileira masculina de basquete, que neste domingo estreou nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro com derrota para a Lituânia (82 a 76), disse à Agência Efe que não vê "pontos fracos" na Espanha, próxima adversária pelo grupo B, na terça-feira.

"A Espanha é o último campeão da Europa, isso não é pouca coisa", disse à Efe o treinador na entrevista coletiva posterior ao duelo com os lituanos, na Arena Carioca 1.

"Mas, nos últimos jogos, eles nos ganharam uma vez, e nós uma também. Portanto, as possibilidades para nós estão abertas", advertiu.

Magnano, técnico do Brasil desde 2010 e que no comando da Argentina foi campeão olímpico em Atenas 2004, reconheceu que a seleção terá que melhorar em relação à apresentação de hoje para derrotar os espanhóis.

"Não vejo prontos fracos na Espanha. Teremos que jogar muito bem e muito concentrados. E muito atentos, para não deixá-los jogar com a comodidade com a qual estão acostumados", afirmou.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo