Esporte

"Maior derrota é sair daqui sem medalha", lamenta Érika Miranda

07/08/2016 19h04

Rio de Janeiro, 7 ago (EFE).- Derrotada no golden score pela japonesa Misato Nakamura na disputa pelo bronze da categoria meio-leve (até 52kg) nos Jogos do Rio de Janeiro, a judoca brasileira Érika Miranda lamentou neste domingo o fato de encerrar mais um ciclo olímpico sem medalha.

"Acho que a maior derrota é sair daqui sem medalha. Péssimo seria o sentimento nesse momento. Mas, antes de tudo, estou feliz e agradecida por tudo que eu já passei nas minhas histórias de ciclos olímpicos. E hoje faltou muito pouquinho", afirmou a judoca.

Abalada com a nova frustração olímpica, Érika demorou quase uma hora para conversar com os jornalistas após o revés. "Passa um filme pela sua cabeça. É muito sacrificante. Eu sei o que eu passei para chegar aqui. Acho que você tem que parar um pouco, respirar, para depois falar", avaliou a judoca.

Questionada quanto à pressão sobre os outros integrantes da equipe de judô pelo fato de brasileiros não terem subido no pódio nos dois primeiros dias de competições, Érika desabafou.

"As pessoas que ficam falando que o judô tem que ter medalha sempre não vivem do esporte. Vivem fora dele. É muito fácil falar para alguém: 'olha, você vai ganhar uma medalha olímpica'. Isso é o que todos querem", destacou Érika.

"Vocês viram que todo brigou ontem e hoje ali dentro. O atleta, que está subindo no tatame, quer mais (a medalha) do que todo mundo. Só que isso aqui é uma Olímpiada, todos estão preparados. Infelizmente o Brasil ainda não conquistou uma medalha, mas ainda tem cinco dias de competições, e sei que isso vai ocorrer. Não me preocupo com isso", completou a judoca.

Érika entrou no torneio olímpico de judô nos Jogos do Rio de Janeiro como uma das principais esperanças de medalha do Brasil, mas acabou derrotada pela chinesa Ma Yingman nas quartas de final. Na repescagem, venceu a romena Andreea Chitu com um ippon no fim da luta. Na disputa do bronze, porém, foi superada por Misato, tricampeã mundial e que conquistou hoje seu segundo bronze em Jogos Olímpicos neste domingo.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo