Esporte

Sobe! Del Potro vence batalha contra Djokovic após ficar preso no elevador

07/08/2016 23h03

Rio de Janeiro, 7 ago (EFE).- Preso no elevador da Vila dos Atletas por 40 minutos pela manhã, o argentino Juan Martín del Potro deixou para trás o incidente e obteve uma das vitórias mais marcantes neste domingo ao eliminar o sérvio Novak Djokovic, número 1 do mundo, na estreia no torneio de tênis dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro.

A partida foi uma reedição da briga pelo bronze de Londres 2012, e mais uma vez o argentino levou a melhor, desta vez por 2 sets a 0, com parciais de 7-6(6) e 7-6(2), depois de 2h27min de um partida que ficará marcada na história dos Jogos e da modalidade.

'Nole' desperta carinho e admiração por onde passa, e teve toda a torcida da casa a seu favor. Com isso, o duelo se tornou um Brasil contra Argentina, que esteve representada em bom número na quadra central do Centro Olímpico de Tênis.

Djokovic salvou break logo no primeiro game, e a partir daí o primeiro set foi eletrizante. Os tenistas seguiram saque a saque, rali a rali, aplauso a aplauso até o tie-break, com o sérvio se livrando de mais duas chances de quebra para o argentino no nono game.

No desempate, 'Delpo' foi do empate em 2 a 2 à vantagem de 5 a 2, obteve três set points e, apesar de ter desperdiçado o primeiro, fechou logo depois em 7 a 4, após 1h11min.

O equilíbrio continuou sendo a tônica. O número 1 do mundo salvou um break point em 2-3 e teve mais dificuldades para confirmar, enquanto o argentino não teve de encarar um brek point contra sequer em mais essa parcial.

Inevitável, o tie-break começou com soberania do campeão do US Open de 2009, que abriu 5 a 0, para festa da torcida argentina. O espanhol era o idioma oficial da arquibancada, e o queridinho dos "hinchas" correspondeu fechando em 7 a 2.

O jogo já tinha acabado, mas o espetáculo, ainda não. Os dois adversários deram um longo abraço ao se cumprimentarem, e a torcida vibrou com um "olê, olê, olê! Delpo! Delpo!".

Em busca da segunda medalha da carreira, o ex-número 4 do mundo e atual 141 enfrentará o português João Sousa, que estreou batendo o holandês Robin Haase.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo