Esporte

Brasil se mantém em 4º na final da ginástica, e arena comemora ouro no judô

08/08/2016 17h31

Rio de Janeiro, 8 ago (EFE).- Com Sérgio Sasaki inspirado, a equipe brasileira passou pelas barras paralelas na terceira rotação deste domingo da final da ginástica artística dos Jogos Olímpicos, e se manteve na quarta posição, atrás de Rússia, Japão e Grã-Bretanha.

O ginasta melhorou a nota obtida na classificatória, chegando a 15.133. Já Arthur Nory e Francisco Barreto não conseguiram fazer o mesmo e ainda tiveram queda, com relação ao primeiro dia de disputas.

O Brasil está com 133.897, enquanto os russos estão com 136.764, os japoneses com 134.761, e os britânicos com 134.031. Depois da equipe da casa, aparecem Alemanha, China, Estados Unidos e Ucrânia, nessa ordem.

Durante o início das apresentações brasileiras, a Arena Olímpica do Rio explodiu em festa não por qualquer movimento no local, mas sim pela notícia do ouro de Rafaela Silva na categoria leve (até 57kg) do judô, que aconteceu na vizinha Arena Carioca 2.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo