Esporte

Cestinha contra a Venezuela, George destaca grupo em novo massacre dos EUA

08/08/2016 22h01

Rio de Janeiro, 8 ago (EFE).- O ala-armador Paul George, destaque do Indiana Pacers na NBA, foi o cestinha da vitória dos Estados Unidos sobre a Venezuela nesta segunda-feira, por 113 a 69, com 20 pontos, mas preferiu destacar a força do grupo depois do novo massacre americano nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro.

"Tivemos grandes estatísticas. Na verdade, foi uma noite do grupo na quadra, do Carmelo (Anthony), do Kyrie (Irving). Isso foi determinante para a vitória neste jogo", avaliou o jogador, se referindo ao empate entre as duas equipes no primeiro quarto por 18 a 18 e a posterior recuperação dos EUA no duelo.

"É mais fácil quando você tem quatro caras te ajudando. O jogo fica fácil. Você pega o ritmo e não precisa trabalhar para conseguir arremessar", completou o ala-armador sobre sua atuação no duelo, voltando a ressaltar o trabalho dos companheiros na partida.

Com duas vitórias por mais de 40 pontos de vantagem no torneio olímpico masculino de basquete, os EUA lideram o grupo A e irão enfrentar a Austrália, adversário mais difícil da chave, na terceira rodada, que será disputada na próxima quarta-feira.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo