Esporte

Dona do 1º ouro de Kosovo foi suspensa por agência antidoping francesa

08/08/2016 15h52

Rio de Janeiro, 8 ago (EFE).- A judoca Majlinda Kelmendi, que conquistou neste domingo a primeira medalha da história de ouro de Kosovo, na categoria meio-leve (até 52 quilos), está suspensa pela Agência Francesa Antidoping e não pode concorrer no país, por se negar a passar por exame antidoping há dois meses.

Na epóca, a atleta treinava na França e foi convocada pela entidade local a passar por testes fora de competição, conforme publicou hoje a revista especializada "L'Esprit de Judo".

Ainda segundo o veículo, Kelmendi não quis passar pelos exames após consultar a Federação Internacional de Judô, e ser informada que a agência nacional não estava autorizada pela Agência Mundial Antidoping (Wada) e Comitê Olímpico Internacional (COI).

Devido a falta no exame que aconteceria no dia 16 de junho deste ano, a kosovar acabou punida, mas a suspensão só vale para o território francês, o que não impediu sua vinda ao Rio de Janeiro para os Jogos Olímpicos.

Bicampeã europeia, em 2014 e 2016, e mundial, em 2013 e 2014, a atleta foi porta-bandeira de Kosovo na Cerimônia de Abertura, e, neste domingo, venceu a italiana Odette Giuffrida para ficar com o ouro.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo