Esporte

Primeiro técnico diz que Rafaela era "diamante bruto" quando começou no judô

08/08/2016 19h39

Rio de Janeiro, 8 ago (EFE).- A medalha de ouro da carioca Rafaela Silva teve um sabor mais do que especial para o primeiro técnico da judoca, Geraldo Bernardes, que afirmou nesta segunda-feira que sabia ter um "diamante bruto" nas mãos quando a agora campeã olímpica chegou para dar os primeiros passos no tatame do projeto social Instituto Reação aos 8 anos de idade.

"Uma vez, ela sentada com a irmã dela, eu falei: um dia vou colocar vocês na seleção brasileira. Com o know-how que eu tinha de já ter ido a algumas Olimpíadas, sabia que tinha um diamante bruto nas minhas mãos", disse o treinador, de 73 anos, que comandou a equipe do país em quatro edições do evento e que no Rio de Janeiro foi escolhido para comandar o time de refugiados montado pela primeira vez pelo Comitê Olímpico Internacional (COI).

"Ver agora a Rafaela ganhando essa medalha aqui dentro do Brasil é algo inédito. Ela teve a oportunidade em 2012 e isso foi tirado dela, mas ela conseguiu dar o troco agora depois de ser xingada por muitas pessoas. Em 2013, foi campeã mundial. Agora, olímpica", disse Bernandes, lembrando as ofensas racistas direcionadas a Rafaela depois da eliminação em Londres 2012.

Como um verdadeiro diamante bruto, a atleta teve sua agressividade lapidada pelo técnico, que soube como tirar o melhor da ainda então menina moradora da Cidade de Deus. "Essa agressividade eu vi que era muito importante se fosse canalizada do judô", revelou Bernardes, que se emocionou ao falar sobre a chance de vê-la no topo do pódio olímpico.

"Não sei como esse coração aguentou. É muita emoção, sabe? Você fica calejado de tantas emoções que teve a oportunidade de presenciar. Graças a Deus que eu estou recebendo essas homenagens ainda vivo", disse o técnico.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo