Esporte

Rafaela Silva faz história e conquista 1º ouro do Brasil nos Jogos do Rio

08/08/2016 17h28

Lucas de Vitta.

Rio de Janeiro, 8 ago (EFE).- Nascida e criada na Cidade de Deus, uma das mais conhecidas favelas do Rio de Janeiro, a judoca carioca Rafaela Silva coroou sua trajetória de superação nesta segunda-feira ao conquistar a primeira medalha de ouro do Brasil nos Jogos Olímpicos de 2016, superando Sumiya Dorjsuren, da Mongólia, na final da categoria leve (até 57kg).

Os primeiros passos no tatame foram dados a apenas oito quilômetros da Arena Carioca 2 do Parque Olímpico, onde a judoca escreveu seu nome na história do esporte do país ao se tornar a segunda brasileira a subir ao lugar mais alto do pódio na modalidade. A torcida, que incluía os pais da judoca, contribuiu para a vitória apoiando cada golpe aplicado, sendo retribuída ao fim da luta decisiva pela própria Rafaela, que fez questão de comemorar junto.

A carioca, que começou no judô no Instituto Reação, criado pelo medalhista de bronze em Atenas 2004 Flávio Canto, controlou a decisão desde o início. E repetiu, com pouco mais de um minuto de luta, o que fez em todas nestes Jogos, um wazari.

A arbitragem demorou a checar a pontuação por vídeo, enquanto ouvia um grito único de "ippon" das arquibancadas. Com a vantagem, Rafaela controlou a luta, cozinhou Dorjsuren e fez história.

Quatro anos antes, em Londres, Rafaela foi desclassificada por uma catada de pernas, um golpe considerado irregular, contra a húngara Hedvig Karakas Depois, foi vítima de ofensas racistas que a fizeram quase desistir do judô. Mas deu a volta por cima.

A própria húngara foi uma das adversárias batidas nesta trajetória dourada de Rafaela. Antes, a brasileira passou de forma fulminante por Miryam Roper, com dois wazaris em apenas 46 segundos de luta. Na sequência, desbancou a sul-coreana Jandi Kim, atual vice-líder do ranking mundial da categoria.

O confronto antes da grande final, no entanto, pode ter sido o mais marcante no caminho para o ouro. A vitória só veio no 'golden score', após sete minutos de combate, quando Rafaela conseguiu encaixar um osoto-gari para cima da romena Corina Caprioriu, medalhista de prata em Londres 2012.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo