Esporte

Bellucci derruba Cuevas e clichês, e avança no Rio 2016

09/08/2016 23h46

Douglas Rocha.

Rio de Janeiro, 9 ago (EFE).- Desde o torcedor mais fanático até aquele de ocasião, todos já ouviram em algum momento a expressão "amarelão" associada a Thomaz Bellucci, mas nesta terça-feira o paulista deu um bico, ou melhor, um "winner" nos clichês e se classificou para as oitavas de final nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro ao eliminar o uruguaio Pablo Cuevas.

Apesar do certo toque de drama e de um roteiro preparado para que as críticas viessem, Bellucci levou a melhor sobre o atual campeão do Rio Open e do Brasil Open (em São Paulo) por 2 sets a 1, com parciais de 6-2, 4-6 e 6-3, em 2h22min de jogo.

A primeira parcial foi a mais tranquila para o paulista, que obteve uma quebra no quarto game. Os tenistas foram confirmando até que o atleta da casa fechou em 6-2 no serviço de Cuevas.

A evitável, mas comum queda de intensidade por parte de quem estava em vantagem acabou acontecendo, e o uruguaio acabou abrindo 2-1 e saque na segunda parcial, configurando o primeiro "prato feito" para os pessimistas. A partir de então, o 11º favorito soube se segurar e empatou a partida.

Bellucci começou o set decisivo confirmando e conquistando cinco break points no segundo game, mas os desperdiçou com direito a três erros não forçados. O cavalo voltou a passar selado logo em seguida, e, para explosão da torcida, Thomaz desta vez não vacilou.

O campeão do Rio Open e do Brasil Open estava entregue, e voltou a ficar em 30-40 servindo. No entanto, a recuperação no game o animou, e ele devolveu a quebra em seguida.

Aparentemente abatido, o tenista anfitrião foi para o banco e pediu atendimento devido a bolhas. Era a hora da "amarelada", certo? Errado. O brasileiro voltou com tudo, aproveitou novo break point e então teve 5-3.

O último game ainda foi de sofrimento, com dois erros bobos de voleio e uma chance de quebra para Cuevas. Mas Bellucci não baixou a cabeça, fez três pontos seguidos e fechou o duelo.

Em busca por um lugar nas quartas de final, o brasileiro vai encarar amanhã o belga e cabeça de chave número 8 do torneio, David Goffin, na quadra 1 do Centro Olímpico de Tênis, na Barra da Tijuca. EFE

dr/id

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo