Esporte

Brasileiros apontam apagão e defesa como fatores para derrota para Eslovênia

09/08/2016 20h01

Rio de Janeiro, 9 ago (EFE).- Mesmo esboçando uma reação perto do fim, o Brasil acabou derrotado pela Eslovênia nesta terça-feira, por 31 a 28, em jogo válido pela segunda rodada do grupo B dos Jogos do Rio de Janeiro, um tropeço provocado, na avaliação de parte dos atletas da equipe, pelo apagão ocorrido no início do primeiro tempo e pela falta de uma defesa mais firme ao longo do jogo.

Depois de começar perdendo por uma diferença de seis gols, o Brasil chegou a diminuir a vantagem para apenas dois na etapa final. No entanto, não teve forças para dar sequência à reação e virar a partida disputada na Arena do Futuro.

Para o ponta-esquerda Alemão, os eslovenos foram adversários mais complicados que os poloneses, vencidos pelo Brasil na estreia, especialmente devido à rapidez no setor ofensivo.

"Com a mobilidade que eles têm, o jogo foi mais complicado. O que provocou o resultado foi o começo do primeiro tempo. No final dele e no início do segundo, jogamos melhor, mas buscar seis bolas é muito difícil contra qualquer time. O que importa é que evoluímos depois e temos que levar isso para o próximo jogo", afirmou.

"Entramos querendo muito. Não sei se isso atrapalhou alguma coisa, mas começamos mal. Temos que pensar nos pontos positivos e levá-los para o próximo jogo para não deixar o adversário abrir tanto ou a gente começar na frente do placar", completou o jogador.

Para o central Diogo Hubner, o Brasil precisa também defender melhor para já se recuperar contra a Alemanha, avaliada por ele como uma "nova pedreira" no caminho da equipe da casa.

"Acho que a gente também tem que defender um pouco melhor do que defendemos hoje. Poderíamos ter defendido um pouco melhor, mas eles têm muita qualidade também. Não perdemos porque defendemos mal, eles tiveram muito mérito em atacar nossa defesa", disse o jogador.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo