Esporte

Chierighini mostra ambição nos 100m livre: "Tempo ainda não é o que quero"

09/08/2016 23h33

Rio de Janeiro, 9 ago (EFE).- Marcelo Chierighini, que se classificou nesta terça-feira para a final dos 100m livre da natação nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, admitiu que não esperava virar a primeira metade da prova na liderança, mas que almeja superar a marca das semis, que foi de 48s23.

"O que realmente estava planejado era passar forte. Fiquei surpreso com o 22s05, acho que passei um pouco forte demais, mas o tempo ainda não é o que eu quero. Nadei um pouco mais rápido abrindo o revezamento na final", comentou o paulista, que fechou as semifinais na oitava posição.

O nadador chegou a titubear na zona mista, onde falou para jornalistas depois da prova, sobre a estratégia para a final. Além disso,vadmitiu que não ouviu o público ir à loucura no Estádio Aquático Olímpico com seu desempenho nos primeiros 50 metros.

"Estava tão focado em bater na frente que não consegui escutar muito, mas fui bem agressivo nessa passagem. Vou tentar ser um pouquinho mais... eu não sei também. No calor do momento é difícil você controlar alguma coisa", admitiu.

Para Chierighini, agora a meta é conseguir nadar abaixo de 48 segundos, que o credenciaria para disputar uma das medalhas. O brasileiro, que vibrou muito na comemoração após sair da água, admitiu que já viveu um momento marcante nesta semifinal.

"Depois que vi meu nome na lista, eu fiquei emocionado. Essa prova é uma tradição muito grande da natação brasileira. A gente teve Cesão (César Cielo), Xuxa (Fernando Scherer), Gustavo (Borges). Então ver meu nome ali, entre os oito melhores do mundo, em uma Olimpíada, foi realmente emocionante", afirmou.

Um momento curioso envolvendo o nadador paulista aconteceu na zona mista de entrevistas, já que Chierighini falava com jornalistas enquanto acontecia a prova dos 200m borboleta. Nos instantes finais, o próprio paulista, que mostrava com o olhar estar interessado no que acontecia na piscina do Estádio Aquático Olímpico, decidiu parar para ver o americano Michael Phelps conquistar a 20ª medalha de ouro da carreira.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo