Esporte

Francês vence ex-campeão mundial de boxe e deixa Olimpíadas sem profissionais

09/08/2016 22h37

Rio de Janeiro, 9 ago (EFE).- O francês Sofiane Ouminha venceu nesta terça-feira por nocaute o ex-campeão mundial Amnat Ruenroeng e deixou o torneio de boxe dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro sem atletas do esporte profissional.

No terceiro assalto de uma luta que conduzia bem, Ouminha derrubou Ruenroeng, que seguiu o mesmo caminho de outros dois profissionais eliminados no peso leve na manhã desta terça: o italiano Carmine Tommasone, eliminado pelo campeão mundial cubano Lázaro Álvarez, e o japonês Daisuke Narimatsu, vencido pelo americano Carlos Balderas.

O torneio de boxe dos Jogos Olímpicos do Rio 2016 aceitou pela primeira vez os profissionais. Porém, a maioria dos campeões e líderes dos rankings mundiais não demonstrou interesse ou não foi autorizada a competir.

Por isso, no Rio só competiram os três da divisão leve eliminados nesta terça e o camaronês Hassan Ndam, vencido por 3 a 0 no sábado passado pelo brasileiro Michel Borges nos meio-pesados.

"Verdade que não vieram os melhores classificados, mas sempre será complicado lutar nos Jogos Olímpicos para qualquer profissional porque são regras diferentes, até o filipino Manny Pacquiao teria que mostrar o melhor para avançar aqui, se tivesse vindo ", disse à Agência Efe o estrategista da equipe azerbaijana Pedro Roque, com mais de 40 anos como treinador.

A vitória de Ouminha colocou o francês nas quartas de final, fase na qual brigará por uma medalha no dia 12 de agosto com o vice-campeão mundial Albert Selimov (AZE), que venceu hoje o irlandês David Joyce por 3 a 0.

Na mesma categoria, o mongol Otgoldalai Dornyambuu venceu o holandês Enrico Lacruz por 2 a 1 nesta tarde. Agora, ele enfrentará o argelino Reda Benbaziz, que venceu o russo Adlan Abdurashidov por 3 a 0.

Ao todo, foram quatro lutas nos médios e uma na peso pesado nesta tarde. O medalhista mundial Hossan Addin, do Egito, estreou nos médios com uma vitória por decisão unânime dos juízes sobre Merven Clair, das Ilhas Maurício, na mesma categoria em que indiano Krishan Vikas venceu o americano Charles Cinwell por 3 a 0.

Completam a lista dos médios a vitória do turco Onder Sipal sobre o zâmbio Benny Myziyo por 2 a 1 e a do australiano Daniel Lewis por 2 a 1 sobre o polonês Tomasz Jablonski. Entre os peso-pesados, o medalhista mundial Mahammadrasul Majidov derrotou por decisão unânime dos juízes o marroquino Mohammed Arjaoui.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo