Esporte

"Gastromotiva": os melhores chefs do mundo a serviço de um restaurante social

09/08/2016 06h01

Rio de Janeiro, 9 ago (EFE).- Ele se chama Massimo Bottura, dirige o melhor restaurante do mundo e está por trás do "Gastromotiva", um restaurante comunitário que abrirá nesta terça-feira no Rio de Janeiro, em plenos Jogos Olímpicos, para atender pessoas carentes e que aproveitará excedentes dos alimentos da Vila dos Atletas.

Localizado no bairro da Lapa, no coração do Rio, o "Refettorio Gastromotiva" contará com chefs renomados para criar pratos internacionais com ingredientes não utilizados na Vila Olímpica, doados por empresas que abastecem o refeitório dos atletas.

Cada chef irá preparar seu menu em função dos ingredientes recebidos, que serão enviados ao "Gastromotiva" antes de chegarem à Vila Olímpica. Em nenhum caso esses alimentos serão sobras de comida.

O objetivo da iniciativa é oferecer alimentos dignos para pessoas em situação de vulnerabilidade, além de abrir um espaço de especialização para os jovens talentos da cozinha.

O projeto surgiu com David Hertz, fundador da ONG Gastromotiva, que trabalha no Brasil há 10 anos e que se uniu ao projeto Food For Soul (Comida para Alma), conduzido por Bottura.

Situado em um local da Lapa remodelado há dois meses com o design do renomado artista brasileiro Vik Muniz, o "Gastromotiva" conta com mais de 50 empresas parceiras.

O estabelecimento foi cedido pela prefeitura do Rio durante 10 anos, pelo caráter social do projeto e sua possibilidade de continuidade.

Ao término dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos, o "Gastromotiva" seguirá funcionando com doações de empresas colaboradoras.

A iniciativa segue o modelo do "Refettorio Ambrosiano" criado por Bottura, no qual 65 chefs internacionais cozinharam com ingredientes excedentes da Expo de Milão de 2015.

Hertz explicou o projeto nesta segunda-feira à imprensa com base em quatro pilares: combate à fome, ao desperdício, criação de oportunidades de trabalho e incentivo à educação.

"Vamos oferecer comida com dignidade" aos moradores da Lapa e a grupos carentes em risco, afirmou o idealizador do projeto.

Além disso, o estabelecimento servirá como escola de formação para jovens aprendizes com poucos recursos financeiros, que poderão aprender pelas mãos de chefs experientes e receber cursos de educação alimentar.

A lista de chefs que passarão pelo "Gastromotiva" inclui o francês Alain Ducasse, o brasileiro Alex Atala, e os espanhóis Andoni Luis Adurezi e Joan Roca, do prestigiado restaurante Can Roca.

Durante os Jogos Olímpicos e Paralímpicos, o "Gastromotiva" oferecerá jantares somente às pessoas carentes.

A partir do dia 19 de setembro, o restaurante abrirá ao público ao meio-dia com o conceito "pague o almoço e doe o jantar".

Bottura, que dirige a Osteria Francescana em Modena, detentor de três estrelas Michelin e considerado o melhor restaurante do mundo na classificação de S. Pellegrino World, resume as bases do projeto.

"Cultura, conhecimento, consciência e senso de responsabilidade são quatro conceitos-chave que é preciso levar em conta em nossa vida. Graças a esses conceitos esse projeto avançou", considerou.

Tornar realidade o projeto no Rio de Janeiro "foi um milagre", segundo Hertz. A meta, acrescentou Bottura, é "transformar a gastronomia na maior ferramenta de inclusão social". Para o chef, este é o "movimento de gastronomia social".

O "Gastromotiva" abre suas portas hoje para receber 108 pessoas e não pretende limitar-se à gastronomia, mas mudar a fisionomia do bairro da Lapa, castigado pelo abandono e pela criminalidade, além de impulsionar melhorias, como a remodelação do parque infantil que se encontra em frente ao restaurante.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo