Topo

Esporte

Ribera diz que empolgação após estreia atrapalhou Brasil contra Eslovênia

09/08/2016 19h01

Rio de Janeiro, 9 ago (EFE).- O técnico da seleção brasileira masculina de handebol, Jordi Ribera, afirmou nesta terça-feira, após a derrota para a Eslovênia, por 31 a 28, válida pela segunda rodada do grupo B dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, que a empolgação da vitória na estreia acabou prejudicando a equipe na partida.

"Empolgação é um perigo. Está claro que todos saímos convencidos de que, depois de ganhar da Polônia, tudo seria fácil, mas não é assim. Cada jogo é difícil. Temos que nos lembrar que ganhamos da terceira melhor equipe do mundo e que hoje brigamos de igual para a igual com a Eslovênia, que também é uma das equipes mais tradicionais", avaliou o treinador depois da partida.

O Brasil começou mal na partida, deixou os eslovenos abrirem seis gols de vantagem, mas se recuperou ainda no primeiro tempo, diminuindo a distância para apenas dois já na etapa final. No entanto, não teve força para dar sequência à reação e virar o jogo.

"Teve uma bola que poderia nos ter colocado a um gol de diferença e faltou uma defesa. A Eslovênia sempre complica as coisas para gente. É um time de jogadores de primeira linha. Jogam muito bem taticamente e são muito organizados. Tem uma defesa dura, e o goleiro também nos parou em momentos determinados", disse Ribera.

Com a derrota, o Brasil caiu para o terceiro lugar do grupo, sendo ultrapassado exatamente pela Eslovênia. Na terceira rodada, marcada para a próxima quinta-feira, os comandados de Ribera enfrentam a Alemanha, líder da chave.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte