Esporte

Rafael Buzacarini contesta shido que determinou eliminação no Rio

11/08/2016 12h37

Rio de Janeiro, 11 ago (EFE).- Eliminado na categoria meio-pesado (até 100kg) por uma punição por entrada falsa faltando 40 segundos para o fim de sua luta contra o japonês Ryunosuke Haga, o brasileiro Rafael Buzacarini contestou a decisão da arbitragem e lamentou ter deixado os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro sem medalha.

"Fiz dois ataques contra o japonês e não deram nada. Me puniram ainda. Acho que é meio complicado. Tenho que asssitir à luta e ver o que eu errei, começar a trabalhar duro para chegar bem em 2020", disse o judoca após a derrota na Arena Carioca 2.

"Não foi uma participação excelente porque eu não sai com a medalha, mas a luta contra o japonês era a luta chave, decisiva. Sabia que seria difícil, ele é o atual campeão mundial. E foi no detalhe. O shido foi uma interpretação dos árbitros. Busquei o resultado, empatar a luta, mas agora é levantar a cabeça e começar a pensar no próximo ciclo olímpico", completou.

"A decisão já foi tomada. É levantar a cabeça. Eu estava concentrado, vim com o propósito de buscar a medalha, trabalhei duro para isso, mas é Olimpíada. Temos que pensar luta por luta e contra o japonês foi difícil", concluiu Buzacarini.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo