Esporte

Teo Gutiérrez diz não encarar duelo com Brasil como revanche da Copa

11/08/2016 22h07

Waldheim García Montoya.

São Paulo, 11 ago (EFE).- O atacante colombiano Teófilo Gutiérrez descartou que a partida pelas quartas de final dos Jogos Olímpicos entre sua seleção e a do Brasil seja uma "revanche" da derrota sofrida na Copa do Mundo de 2014, também disputada na casa do rival.

"É um adversário de respeito, mas nós estamos nos Jogos Olímpicos e pensamos nos Jogos Olímpicos, não no passado", declarou Gutiérrez em entrevista à Agência Efe sobre a partida do próximo sábado na Arena Corinthians, em São Paulo.

'Teo' integrou a seleção colombiana que foi eliminada pelo Brasil na Copa com derrota por 2 a 1, em Fortaleza, também em partida por uma fase de quartas.

Sobre a equipe olímpica do Brasil, o ex-jogador do Sporting de Lisboa e do mexicano Cruz Azul disse que a Colômbia vai enfrentá-la "como faz com todas as seleções, com respeito e humildade".

"Mas a Colômbia cresceu muito em nível mundial em todos os aspectos e tem mostrado isso em campo", ressaltou.

"Naquele caso (do Mundial), também era uma partida de 'mata-mata'. O Brasil é um rival complicado, está em casa, tem muita pressão e vamos enfrentá-lo como um adversário de respeito, mas também com a ambição de vencer", acrescentou.

O atacante também comemorou o fato de representar sua seleção olímpica.

"É uma oportunidade para mim estar aqui nos Jogos Olímpicos e espero aproveitá-la ao máximo, aproveitar que estou com a camisa do meu país", afirmou 'Teo', que ainda disputa uma vaga no elenco que participa das Eliminatórias para a Copa de 2018.

No torneio olímpico, 'Teo' marcou nos empates por 2 a 2 contra Suécia e Japão e e também no triunfo da última quarta-feira por 2 a 0 sobre a Nigéria, na Arena Corinthians, mesmo palco do próximo sábado.

A Colômbia terminou como segunda colocada do grupo B, enquanto o Brasil encerrou a fase de classificação como primeiro do A.

Com sua atuação na fase de grupos, o novo jogador do clube argentino Rosario Central tornou-se o principal artilheiro colombiano em competições olímpicas.

"É um sonho e tenho que agradecer à comissão técnica e aos meus companheiros, porque é um grupo que sempre acredita no trabalho e é muito humilde. É um grupo muito jovem, mas com muita ambição e que tem o desejo de sair na frente e deixar uma marca importante", comentou.

Às vezes polêmico e temperamental, mas deixando a marca de goleador na maioria das equipes que defende e na seleção de seu país, o jogador de 31 anos é um dos três atletas maiores de 23 anos convocados pelo técnico Carlos 'Piscis' Restrepo para defender a Colômbia no torneio olímpico.

Além de usar a camisa 10, 'Teo' recebeu a faixa de capitão e o peso de suprir, junto com Dorlan Pabón e Miguel Borja, a ausência de Roger Martínez e Marlos Moreno, dois dos responsáveis pela classificação olímpica, que não estão nos Jogos por terem sido recentemente transferidos para clubes do exterior.

"É uma responsabilidade que assumo com muita tranquilidade, mas, ao mesmo tempo, não posso mudar o que já faço, que é jogar com amor pela camisa e me divertir. O grupo já sabe da contribuição de cada um", declarou.

Nesta quinta-feira, a seleção colombiana realizou um treino físico na academia do hotel no qual está concentrada, em São Paulo. A delegação aguarda para esta sexta-feira a chegada do zagueiro Juan Sebastián Quintero, do Deportivo Cali, que substituirá o lesionado Felipe Aguilar.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo