Esporte

Americano endurece após pneu, mas Murray avança e mantém luta pelo bi

12/08/2016 15h36

Douglas Rocha.

Rio de Janeiro, 12 ago (EFE).- Em partida dividida em dois momentos distintos, o britânico Andy Murray foi de uma bicicleta a favor a "caça-fantasmas" a partir do segundo set, mas derrotou o americano Steve Johnson nesta sexta-feira e se classificou para as semifinais do Jogos do Rio de Janeiro, seguindo firme na luta pelo bicampeonato olímpico.

O vencedor dos Jogos de Londres precisou de 2h12min para vencer por 2 sets a 1, com parciais de 6-0, 4-6 e 7-6(2) e agora espera o vencedor do duelo entre o japonês Kei Nishikori, quarto cabeça de chave, e o francês Gael Monfils, sexto. O confronto acontece ainda hoje.

Johnson, no entanto, ainda tem uma última chance de deixar o Rio com uma medalha. Mais tarde, ele brigará pelo bronze das duplas jogando ao lado de Jack Sock contra os canadenses Daniel Nestor e Vasek Pospisil.

A partida na quadra 1 do Centro Olímpico de Tênis começou com 30 minutos de atraso devido à chuva. Com a quadra enchendo aos poucos, nem todo mundo que tinha ingresso viu Murray aplicar um pneu em apenas 25 minutos. O número 2 do mundo teve 79% de aproveitamento do primeiro serviço e cometeu apenas um erro não forçado, contra nove do adversário.

Não bastasse a eficiência, o atual campeão olímpico ainda estava com sorte. No set point, acertou a rede em cheio, mas a bola caiu para o outro lado.

Porém, Johnson enfim entrou no jogo e abriu 2-0 na segunda parcial. Foi o suficiente para que Murray começasse a gritar com seus "fantasmas", como lhe é peculiar. Ele até poderia ter devolvido a quebra no sexto game, mas Johnson reagiu com saques agressivos e bem encaixados.

Os dois tenistas então foram confirmando sem problemas até o americano fechar em 6-4, o que levou a partida para o terceiro set, que seguiu saque a saque. Embora o escocês tenha mais recursos, o americano não deixava a intensidade e brilhava com bonitos voleios nas subidas à rede.

Até que no sétimo game o que antes era impensável aconteceu. O dono do ouro de Londres 2012 teve de sacar em 30-30, mandou uma cruzada para fora e depois levou um lindo lob para ser quebrado e ficar atrás em 4-3.

Murray ficou entre as cordas, mas reagiu bem, empatando a parcial logo em seguida e saindo de um 30-40 depois. Johnson então teve de servir duas vezes para se manter na partida, mas não sentiu o nervosismo e levou a decisão para o tie-break.

No desempate, o britânico obteve uma miniquebra logo no segundo ponto, o que lhe deu tranquilidade para manter-se à frente o tempo todo até fechar em 7 a 2 e passar para a decisão.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo