Topo

Esporte

Quarta colocada nos 100m borboleta, chinesa Chen Xinyi é flagrada no doping

12/08/2016 04h31

Pequim, 12 ago (EFE).- A nadadora Chen Xinyi, da China, de 18 anos, deu positivo após o teste antidoping que foi submetida no dia 7 deste mês, após ficar na quarta colocação na final dos 100m borboleta nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, confirmou nesta sexta-feira a Associação de Natação da China.

Chen deu positivo para hidroclorotiazida, um diurético, e já solicitou uma contraprova, destacou a federação de seu país.

A jovem nadadora ficou em quarto lugar, apenas nove centésimos do bronze, em uma final vencida pela sueca Sarah Sjostrom, que bateu o recorde mundial (55s48).

A nadadora chinesa era parte do quarteto que no ano passado alcançou a medalha de ouro no revezamento 4x100 medley no Mundial de Kazan (Rússia), e em 2014 conseguiu outras três vitórias nos Jogos Asiáticos de Incheon (Coreia do Sul).

O doping Chen Xinyi foi anunciado quando ainda não se tinha encerrado a polêmica pelas acusações contra Sun Yang, o mais premiado nadador chinês, proferidas por alguns de seus rivais, como o australiano Mack Horton e o francês Camille Lacourt.

A natação chinesa costuma ser frequente alvo de acusações de consumo de substâncias proibidas, uma herança dos vários escândalos que os nadadores do país protagonizaram nos anos 1990.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte