Esporte

Amanda diz que Brasil precisa melhorar ataque para provável duelo com EUA

13/08/2016 13h31

Rio de Janeiro, 13 ago (EFE).- A atacante da seleção feminina brasileira de polo aquático, Amanda Oliveira afirmou neste sábado, após a derrota para a Austrália por 10 a 3, que a equipe está pecando muito no setor defensivo e precisa melhorar o desempenho visando as quartas de final do torneio nos Jogos do Rio de Janeiro.

"Nessa campeonato, acho que a gente vem pecando no ataque. Tomar oito, nove, dez gols é normal em um jogo de polo, mas produzir três, cinco, é muito pouco. Não dá para ganhar um jogo fazendo tão poucos gols. Estamos errando muito no ataque. Nossa defesa até está boa, mas faltou o ataque mesmo", avaliou a jogadora após a derrota do Brasil na última rodada da fase de grupos da competição.

"Faltou a gente fazer os chutes certos mesmo. Tivemos muitas jogadas com uma atleta a mais e não fomos competentes de fazer o gol. Isso acaba pesando no jogo. As australianas fizeram uns quatro gols nessa situação", disse Amanda.

A atacante brasileira elogiou a equipe da Austrália, mas reiterou que os erros ofensivos ainda deram possibilidades bem-sucedidas de contra-ataque para a adversária.

"Quando você acaba errando muito na frente, começa a tomar gols de contra-ataque. A Austrália é muito conhecida pela natação, pela força física. Nossa defesa não estava ruim", analisou.

Com o resultado, o Brasil terminou a fase de grupos na quarta e última posição do grupo A, mas está classificado para as quartas de final, pois não há eliminação na fase inicial. A equipe provavelmente enfrentará os Estados Unidos, medalha de ouro em Londres 2012, que precisa vencer a Hungria ainda hoje para confirmar a liderança do grupo B.

"Os EUA serão um adversário bem complicado. Elas estão um patamar acima de todas as equipes, mas nada é impossível. A gente vai entrar forte e vamos tentar", disse a jogadora.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo