Esporte

Bolt estreia no Rio 2016 passando fácil pelas eliminatórias dos 100m rasos

13/08/2016 14h13

Rio de Janeiro, 13 ago (EFE).- A grande maioria dos torcedores que compareceram neste sábado ao Estádio Olímpico Nílton Santos, o Engenhão, esperavam um show na primeira aparição do jamaicano Usain Bolt, mas o homem mais rápido do mundo se mostrou mais sério e focado e apenas "passeou" nas eliminatórias dos 100 metros rasos.

A prova mais veloz do atletismo nos Jogos teve hoje a etapa preliminar, com os corredores classificados com piores tempos, e a primeira fase, já contando com os principais astros. Bolt levou a melhor na sétima bateria, com tempo de 10s07, o quarto melhor do dia.

A posição não representa qualquer preocupação sobre o rendimento do jamaicano no Rio. Com adversários pouco expressivos, o bicampeão da prova, claramente, se poupou nos metros finais, sem sequer ter a primeira posição ameaçada. O bahrenita Andrew Fisher foi o segundo na bateria, com 10s12, ficando em sétimo.

Na eliminatória, os dois melhores de cada bateria avançaram às semifinais, assim como os oito mais rápidos, independente da posição que obtiveram nas provas. O mais veloz do dia foi um dos grandes rivais de Bolt, o americano Justin Gatlin, com 10s01. Logo atrás ficou o marfinense Ben Youssef Maite, com 10s03, e o canadense Andre De Grasse, com 10s04.

Assim como os quatro velocistas já citados, o jamaicano Yohan Blake também venceu bateria e se garantiu com facilidade entre os 24 semifinalistas dos 100 metros rasos. O atual medalha de prata dos Jogos Olímpicos correu em 10s11 e foi o sexto neste sábado.

Único brasileiro na disputa, Vitor Hugo dos Santos foi somente o quinto colocado na bateria, com o tempo 10s36, ficando em 48º no geral, ficando a 12 centésimos da vaga na próxima etapa da competição olímpica.

A única medalha de ouro do dia veio no lançamento de disco masculino, com o alemão Christoph Harting alcançando a marca de 68m37, a melhor da carreira, na última tentativa, deixando para trás o polonês Piotr Malachowski, que vinha na ponta e ficou com a prata, com 67m55.

Curiosamente, o ouro na modalidade teve troca mãos, como relação a 2012, em Londres, mas ficou em família, já que o irmão do atual campeão, Robert Harting, havia vencido a prova há quatro anos. O detentor do título veio ao Rio, mas acabou ficando nas eliminatórias, disputadas ontem.

O bronze no lançamento do disco ficou com o também alemão Daniel Jasinski, com marca de 67s05.

Uma das provas marcantes do dia foi a terceira eliminatória dos 3.000 com barreiras femininos, em que uma das grandes favoritas, a etíope Etenesh Diro sofreu queda, terminou a prova sem uma das sapatilhas, ficando, virtualmente, fora da disputa, com o tempo de 9min34s70, o 24º do dia.

A organização, no entanto, considerou a corredora prejudicada e não responsável pela ida ao chão, classificando-a para às semifinais, junto com a jamaicana Aisha Praught e a irlandesa Sara Louise Treacy, que também caíram junto com Diro.

A melhor do dia nos 3.000 metros com barreiras foi a bahrenita Ruth Jebet, com o tempo de 9min12s62. A brasileira Juliana dos Santos, com 9min45s95, foi a 36ª colocada das eliminatórias e não conseguiu seguir para a próxima etapa da disputa.

Geisa Coutinho, por sua vez, viveu o primeiro grande drama do país anfitrião no atletismo dos Jogos Olímpicos, já que ficou fora das semifinais dos 400 metros rasos, por apenas 3 centésimos. A atleta ficou em 25ª, enquanto 24 avançaram às semis.

No salto triplo feminino, em que se classificariam 12 competidoras, Nubia Aparecida Soares fechou no 23º lugar, com marca 13m85. Logo atrás, em 24ª, terminou Keila Costa, que saltou sete centímetros a menos que a compatriota.

No heptlato feminino, a brasileira Vanessa Spinola fechou o dia de disputa na 27ª colocação, tendo bom desempenho apenas nos 200 metros rasos no sétimo posto. A líder geral, faltando duas provas, é a belga Nafissatou Thiam, seguida pela britânica Jessica Ennis-Hill. EFE

jad/bg

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo