Esporte

Brasil encerra natação sem medalhas pela 1ª vez desde 2004: "bem frustrante"

14/08/2016 04h12

Rio de Janeiro, 13 ago (EFE).- O Brasil encerrou as provas de natação no Estádio Aquático Olímpico do Rio de Janeiro sem medalhas, fato que não ocorria desde os Jogos de Atenas, em 2004, e que foi lamentado por alguns integrantes do revezamento 4x100 metros medley masculino, os últimos a representarem o país na piscina nesta edição.

"É bem frustrante não conseguir nenhuma medalha. Precisamos estudar como foi o desempenho do Brasil, tirando a parte da medalha, mas em um contexto geral, o que o time fez. Precisamos melhorar o investimento na base, colocar sangue nos olhos da molecada para conquistarem algo. Mas não é fácil, só quem chega nesse patamar sabe os sacrificios para chegar até aqui", comentou João Gomes Jr.

Ao analisar o rendimento dos brasileiros, o nadador Marcelo Chierighini fez uma comparação com os americanos, que conquistaram 33 medalhas na natação, sendo 18 de ouro. Segundo ele, o sistema de formação de atletas nos Estados Unidos é o grande diferencial.

"Fiz faculdade nos EUA e peguei parte do sistema deles, que não começa aí, e sim desde os cinco anos de idade. É um sistema muito competitivo. Fico impressionado como tem americano que participa da primeira Olimpiada, vai à final e pega medalha. Eles estão muito acostumados com esse ambiente de eliminatória e final. Tem que nadar muito bem nas decisões desde pequeno", declarou.

Para Chierighini, o ideal para se alcançar a excelência de resultados seria seguir o exemplo dos americanos, o que levaria muito tempo e investimento para ser concretizado.

"Tem o sistema universitário com os 'trials' americanos, que tem mais gente no estádio do que aqui, nos Jogos Olímpicos. Demora muito tempo para chegar nesse sistema deles. É muito mais fácil para eles chegarem aqui e decidir porque eles já vêm há muito tempo nesse sistema", considerou o nadador brasileiro.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo