Esporte

Brasileiros precisam bater Nigéria e torcer para a Argentina na última rodada

14/08/2016 14h23

Rio de Janeiro, 14 ago (EFE).- A seleção brasileira masculina de basquete terá uma segunda-feira decisiva para a sequência nos Jogos Olímpicos, já que terão que bater a Nigéria, e torcer para a Argentina derrotar a Espanha em seguida.

Os comandados por Ruben Magnano, que caíram diante dos rivais sul-americanos por 111 a 107, após duas prorrogações neste sábado, serão os primeiros a entrar em quadra pelo grupo B, às 14h15 (horário de Brasília).

Os brasileiros, que ocupam a penúltima colocação da chave, encaram os lanternas com obrigação de vencer, já que a derrota significará eliminação.

Se vencer, a seleção irá a sete pontos, e igualaria Espanha e Croácia, caso ambas percam para Argentina e Lituânia, respectivamente. Os donos da casa, porém, só levam vantagem sobre os espanhóis no critério de desempate, que é o confronto direito.

A má notícia para o Brasil é que a posição mais alta possível de se alcançar é o quarto lugar do grupo B. Isso, provavelmente, resultaria em confronto com a temida seleção dos Estados Unidos.

Se superar a Nigéria, e a Espanha cair diante a Argentina, Nenê e companhia só escaparão dos americanos se a França surpreendê-los em duelo direto na última rodada, neste domingo.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Mais Esporte

Topo