Esporte

Brasileiros terão "jogo da vida" contra campeã Croácia nas quartas de final

14/08/2016 23h28

Rio de Janeiro, 14 ago (EFE).- Mesmo com a derrota por 10 a 6 para a Hungria neste domingo, a seleção brasileira masculina de polo aquático se classificou para as quartas de final do torneio nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, na qual terá como próxima adversária a Croácia, atual campeã, em duelo considerado a "partida da vida" pelo elenco.

"O objetivo era entrar nas quartas. Vamos ver os erros dos dois últimos jogos para tentar não repeti-los na terça-feira, que com certeza vai ser o jogo das nossas vidas. Mas estamos nos Jogos Olímpicos, qualquer seleção é forte nas quartas. Se quiser uma medalha, tem que ganhar de todos", comentou Adrian Baches.

Na opinião do jogador, não é impossível derrotar os atuais campeões, o que o próprio Brasil já fez no ano passado, ao conquistar a vitória por 17 a 10 pela Liga Mundial, disputada em Bergamo, na Itália.

"Começamos muito bem essas Olimpíadas e criamos expectativas muito altas porque ganhamos os três primeiros jogos (Austrália, Japão e Sérvia), mas sem querer diminuímos um pouco a intensidade e nos dois últimos jogos a bola não queria entrar. A Croácia é uma seleção que conhecemos muito e já ganhamos deles no ano passado. Vamos jogar com raça para ganhar", afirmou.

Técnico da Croácia entre 2005 e 2012, o croata Ratko Rudic hoje treina o Brasil, mas negou que isso possa significar uma possível vantagem para o duelo decisivo da próxima terça-feira.

"Não existe essa vantagem. Como hoje todos utilizam vídeos para fazer análises, todos se conhecem. Eu conheço os adversários, mas eles também conhecem todos nós, é igual".

Na opinião do treinador, a apesar de a outra equipe ter mais tradição que o Brasil no esporte e ter conquistado o ouro olímpico em Londres, não existe favoritismo para a partida.

"Antes do torneio, nosso objetivo era a classificação para as quartas de final. Depois, não existe um favorito e temos possibilidades de ganhar. Era muito difícil chegar às quartas e conseguimos. Eles tem alguns dos melhores jogadores do mundo, mas se pudermos melhorar o que fizemos hoje, organizar uma defesa melhor, a chance é 50% para os dois lados", considerou.

A partida entre Brasil e Croácia, pelas quartas de final do polo aquático masculino dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, será disputada na próxima terça-feira, às 15h10 (horário de Brasília). EFE

vnm/rd

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo