Esporte

Morre técnico alemão de canoagem que estava em coma após acidente no Rio

15/08/2016 18h12

Rio de Janeiro, 15 ago (EFE).- O técnico de canoagem slalom da delegação da Alemanha nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, Stefan Henze, morreu nesta segunda-feira, três dias após o acidente que sofreu quando estava em um táxi voltando das instalações da modalidade em Deodoro para a Vila dos Atletas, na zona oeste da cidade, junto com o cientista esportivo da equipe, Christian Käding, que também se feriu.

Medalhista de prata quando atleta nos Jogos de Atenas, em 2004, o treinador, de 35 anos, sofreu traumatismo craniano grave e estava internado desde então em um hospital, onde faleceu.

O Comitê Olímpico Alemão informou sobre o falecimento de Henze em comunicado oficial.

"Estamos profundamente tristes. Descanse em paz, Stefan. Permanecerás para sempre em nossos corações", disse a delegação alemã na nota.

"Com palavras não podemos descrever o que sentimos na delegação depois desta terrível perda", afirmou o presidente do Comitê Olímpico alemão, Alfonso Hormann, que fará um ato-funeral na terça-feira na Vila dos Atletas e solicitou ao COI que a bandeira alemã seja hasteada a meio mastro em sinal de luto.

O outro membro da equipe que se feriu no acidente, Christian Käding, sofreu lesões menores e já recebeu alta do hospital.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo