Esporte

Bruno Rezende diz que Brasil precisa jogar com o coração para chegar na final

18/08/2016 02h10

Rio de Janeiro, 18 ago (EFE).- O capitão da seleção brasileira masculina de vôlei, Bruno Rezende, classificou como uma "segunda final" a vitória sobre a Argentina nesta quarta-feira e disse que o time precisará "jogar com o coração" para vencer a Rússia e chegar na tão sonhada decisão dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro.

"Foi nossa segunda final", disse Bruno, durante entrevista coletiva após a partida contra os argentinos, se referindo tanto na importância do triunfo, como ao encontro do último jogo da fase de grupos, na última segunda-feira, quando o Brasil quase foi eliminado pela França.

Finalista nas três últimas edições dos Jogos Olímpicos, o Brasil iniciou a competição como um dos favoritos, mas até o momento vem encontrando dificuldades em todas as partidas.

"Cometemos muitos erros e acredito que isso tenha sido nosso maior problema até agora nestes Jogos Olímpicos", afirmou o levantador, reconhecendo que o Brasil não esteve tão bem contra os argentinos.

Os russos serão os adversários do Brasil na luta por uma vaga na final dos Jogos do Rio, na próxima sexta-feira. Bruno destacou que os atuais campeões olímpicos "têm uma grande equipe" e que será necessário jogar com o "coração" para superar o último obstáculo no caminho para a final.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo