Esporte

Alison e Bruno superam italianos e chuva e conquistam o ouro em Copacabana

19/08/2016 01h06

Douglas Rocha.

Rio de Janeiro, 19 ago (EFE).- Um dia depois da derrota de Ágatha e Bárbara para as alemãs Laura Ludwig e Kira Walkenhorst na final feminina, Alison e Bruno Schmidt e a chuva lavaram a alma da torcida na arena montada nas areias de Copacabana na madrugada desta sexta-feira ao baterem os italianos Paolo Nicolai e Daniele Lupo e conquistarem a medalha de ouro no vôlei de praia.

Para a alegria de quem deixou o mau tempo de lado e encheu a arena, o time da casa superou os atuais campeões europeus em sets diretos, com parciais de 21-19 e 21-17, em 44 minutos de partida.

O título obtido no Rio representa a consagração total e a redenção de Alison, que ficou com a prata em Londres 2012, jogando com Emanuel. O atleta de Vitória, no Espírito Santo, é bicampeão mundial, com títulos em 2011, com Emanuel, e com Bruno, no ano passado.

De quebra, o Brasil atinge sua melhor marca no quadro de medalhas em toda a história. O país igualou os cinco ouros de Atenas 2004, mas tem também cinco pratas, três a mais que 12 anos atrás.

Aos visitantes, restou ao menos comemorar a primeira medalha da Itália em grandes competições, já que o país nunca havia ficado entre os três primeiros nos Jogos ou sequer no Mundial. O bronze foi obtido pelos holandeses Alexander Brouwer e Robert Meeuwsen, que venceram os russos Viacheslav Krasilnikov e Konstantin Semenov.

Logo no primeiro ponto, Alison mandou a bola para fora na cruzada, mas Bruno pediu desafio em bloqueio de Nicolai e foi bem sucedido, o que acendeu a torcida. Porém, logo depois, os visitantes fizeram cinco ponto consecutivos, o que, junto com a chuva, encolheu a multidão.

A reação começou com um ace de Bruno, que cortou a diferença para 6-4. O Brasil então empatou em 8-8, virou em 9-8 e, com um lindo bloqueio de 'Mamute' para cima de Lupo, chegou a 11-9.

Alison fazia o "trabalho bruto", enquanto o companheiro encantava os espectadores com sua habilidade. O brasiliense fez 13-10 em lindo ponto de manchete para o fundo de quadra.

Os donos da casa foram comandando o marcador, mas dois erros de Alison, uma em deixadinha e outra na cortada, ambas para fora, permitiu que a Itália empatasse em 17-17. A virada veio em seguida, mas não durou muito tempo, já que o capixaba resolveu e fechou a parcial em 21-19 com mais dois pontos de bloqueio seguidos.

Os campeões europeus começaram a segunda parcial liderando, mas Bruno fez 3-2 com um ace, em que os dois adversários bateram cabeça na recepção. A vantagem, no entanto, durou pouco, e de pouco adiantou os brasileiros levarem a melhor em lindo rali, com cravada de 'Mamute', para ficarem atrás em 6-5. Isso porque, logo depois, Nicolai e Lupo abriram 8-5.

A distância foi sendo mantida até o 10-7, mas Alison, com mais um show na rede, para o ataque italiano duas vezes e deixou tudo igual em 11-11. O duelo então seguiu ponto a ponto, até a equipe anfitriã passar à frente em 15-14 com a sequência defesa-ataque de Bruno e mais um bloqueio do medalhista de prata de 2012.

A partir de então, o Brasil não largou mais a dianteira. Bruno fez 19-15 em duas largadinhas espetaculares. Na segunda delas, Nicolai foi parar depois da placa de publicidade. O match point apareceu em outro bom ataque de Alison, e o ouro foi confirmado quando ele superou Nicolai na briga na rede, marcando 21-17.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo