Esporte

De Grasse diz que pode suceder Bolt: "Vou aceitar esse desafio"

19/08/2016 01h20

Rio de Janeiro, 19 ago (EFE).- O canadense Andre de Grasse, medalhista de prata nos 200 metros rasos dos Jogos Olímpicos, quatro dias após ser bronze nos 100m, garantiu na madrugada desta sexta-feira que está disposto a suceder o jamaicano Usain Bolt na condição de homem mais rápido do mundo.

"É uma boa sensação a de estar ouvindo as pessoas torcendo por mim. Preciso trabalhar muito para manter esse nível que apresentei aqui. Vou aceitar esse desafio, para o ano que vem", afirmou o atleta de 21 anos, já pensando no Campeonato Mundial, que será disputado em Londres.

Protagonista de uma das grandes imagens dos Jogos do Rio, na chegada das semifinais dos 200m, em que Bolt e ele cruzaram a linha sorrindo um para o outro, De Grasse, que correu hoje em 20s02, admitiu que sentirá falta do Raio, que o venceu com o tempo de 19s78.

"Eu gosto de competir com os melhores, então, se ele sair, vou sentir muita falta dele e do espírito competitivo dele", disse o campeão pan-americano das duas provas mais rápidas do atletismo.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo