Esporte

Bach diz que Bolt e Phelps se fortaleceram como mitos nos Jogos do Rio

20/08/2016 15h19

Rio de Janeiro, 20 ago (EFE).- O presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), Thomas Bach, afirmou que o jamaicano Usain Bolt e o americano Michael Phelps se fortaleceram como mitos da história do esporte nos Jogos do Rio de Janeiro.

"É uma façanha inédita. O nível em geral foi altíssimo com um desempenho espetacular dos atletas. Só posso parabenizá-los por isso, pelo espírito, pelos resultados espetaculares, algo que só é possível com instalações excelentes. Não é preciso falar da praia de Copacabana ou onde se disputaram o remo e a vela, que serão lugares míticos", disse Bach em entrevista coletiva.

O presidente do COI também quis destacar lembranças inesquecíveis dos Jogos Olímpicos, como o abraço entre atletas russos e ucranianos, a selfie entre sul-coreanos e norte-coreanos, além do episódio envolvendo uma americana e uma neozelandesa, que caíram na prova que disputavam e se ajudaram a levantar para completá-la.

"Não se pode descrever melhor o fair play. Vimos muitos casos nas quadras e além dos Jogos", disse Bach.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo