Esporte

Brasil e Alemanha ficam no 1 a 1, e ouro olímpico será definido nos penaltis

20/08/2016 19h58

Rio de Janeiro, 20 ago (EFE).- Brasil e Alemanha mantiveram igualdade em 1 a 1 neste sábado, na prorrogação da final do torneio masculino de futebol dos Jogos Olímpicos, e com isso a medalha de ouro será definida em cobranças de pênaltis no Maracanã.

A meia hora a mais de duelo foi de poucos emoções, com os donos da casa pressionando os rivais, que se fecharam para explorar os contra-ataques. A torcida até tentou puxar o grito de "Eu acredito", que virou hit nos Jogos Olímpicos, mas as vaias ao toque de bola dos alemães o abafou.

Outro que não perdoado nas arquibancadas foi Gabriel Jesus, que pecou pelo preciosismo no tempo inicial da prorrogação e desperdiçou ótima chance. Aos 5 minutos da primeira etapa, o atacante Gabriel Jesus foi substituído por Rafinha Alcântara e também foi alvo de vaiais.

No tempo normal da partida, Neymar, aos 26 minutos da primeira etapa, em linda cobrança de falta, e o meia-atacante alemão Max Meyer, aos 14 da segunda, marcaram os gols que levaram o decisivo duelo para a prorrogação.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo