Esporte

Música para aliviar a espera no saturado aeroporto internacional do Rio

22/08/2016 20h05

Rio de Janeiro, 22 ago (EFE).- O aeroporto internacional do Rio de Janeiro ofereceu diversos espetáculos musicais nesta segunda-feira para amenizar as longas esperas pelas quais passavam os milhares de atletas, jornalistas e turistas que iniciaram sua volta para casa após o fim dos Jogos Olímpicos de 2016.

A empresa que administra o Aeroporto Internacional Tom Jobim, Rio Galeão, já tinha informado que havia previsto a passagem por suas instalações de um recorde de 85 mil passageiros e, por isso, recomendou aos viajantes que se apresentassem na terminal com seis horas de antecedência.

A multidão esperada hoje no aeroporto era o dobro da média de passageiros, que é de 40 mil pessoas por dia.

O movimento pela manhã foi tranquilo, com os aviões decolando nos horários previstos e filas curtas, mas, à tarde, o número de passageiros aumentou significativamente, o que foi visível pelas aglomerações formadas diante dos balcões de atendimento e nas salas de espera.

A administração do aeroporto admitiu que havia um número maior de voos concentrado na tarde e explicou que a situação já era prevista.

Para que as horas não deixassem nos visitantes um sabor ruim na boca após a festa dos Jogos, a empresa contratou bandas e músicos das tradicionais escolas de samba do Rio de Janeiro para tocarem no terminal.

Com isso, as centenas de viajantes que esperavam para embarcar puderam desfrutar das canções de Tom Jobim - que dá nome ao aeroporto, com interpretação de seu filho, Paulo, e por seu neto, Daniel, acompanhados do chelo de Jaques Morelenbaum.

A reunião de talentos interpretou algumas canções clássicas do repertório do compositor, como Samba do avião" e "Brigas nunca mais".

A expectativa também era de um recorde histórico no Santos Dumont, onde eram esperadas cerca de 37,5 mil pessoas. A marca superaria as 37.268 pessoas registradas na passagem do Papa Francisco pela cidade, em 2013, na celebração do Dia Mundial da Juventude.

Para atenuar as dificuldades esperadas no já habitualmente complicado trânsito carioca, a Prefeitura do Rio de Janeiro decretou feriado nesta segunda-feira.

Desta maneira, centenas de viajantes que esperavam a embarcar puderam desfrutar das canções do emblemático músico Tom Jobim -que de fato dá nome ao aeroporto-, interpretadas por seu filho Paulo e por seu neto Daniel, acompanhados ao chelo por Xeques Morelenbaum.

Também no aeroporto doméstico da capital fluminense, o Santos Dumond, se esperava uma afluência histórica de umas 37.500 pessoas.

Este número superaria a registrada em 2013 por ocasião da celebração do Dia Mundial da Juventude com o papa Francisco, que levou a 37.268 pessoas a passar por esta cêntrico aeroporto.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo