Esporte

Campeã olímpica, Ruth Jebet bate recorde mundial dos 3000m com obstáculos

27/08/2016 18h02

Paris, 27 ago (EFE).- A bareinita Ruth Jebet, campeã olímpica dos 3 mil metros com obstáculos, bateu neste sábado o recorde mundial da prova neste sábado durante a etapa de Paris da Liga Diamante, enquanto o francês Renaud Lavillenie, prata nos Jogos do Rio, foi o vencedor no salto com vara.

Jebet obteve o tempo de 8min52s78 e derrubou em 6s a antida melhor marcada, obtida pela russa Gunara Galkina na final olímpica de Pequim 2008, com 8min58s81.

O pódio dos 3 mil com obstáculos na capital francesa foi exatamente o mesmo do visto no Rio, com a atleta do Bahrein em primeiro lugar, a queniana Hyvin Kiyeng, campeã mundial, em segundo e a americana Emma Coburn em terceiro.

Lembrado no Brasil por ter levado a pior contra Thiago Braz e reclamado das vaias, Lavillenie desta vez contou com a força da torcida e foi o campeão no salto com vara, com a marca de 5m87. Dessa forma, o francês quebrou uma sequência de dois vices, já que no meio de semana obteve também a prata na etapa de Lausanne (Suíça) da Liga Diamante.

Bronze no Rio e vencedor em território suíço, o americano Sam Kendricks foi o segundo colocado do dia, enquanto o tcheco Jan Kudlicka foi o terceiro. Thiago Braz não participou da disputa.

A holandesa Dafne Schippers, campeã europeia e mundial e prata nos Jogos, venceu os 200 metros rasos, com o tempo de 22s13, aproveitando-se da ausência da campeã olímpica, a jamaicana Elaine Thompson. A prata foi para a britânica Desiree Henry, e o bronze, para a americana Jenna Prandini.

Paris viu a derrota de alguns atletas que se sagraram campeões olímpicos na semana passada. Foi o caso da queniana Faith Kipyegon, segunda colocada nos 1.500 metros, que ficou atrás da britânica Laura Muir, campeã com a marca de 3min55s22, a melhor do ano.

Campeão mundial, o queniano Nicholas Bett foi o vencedor dos 400 metros com barreiras, deixando em segundo o dono do ouro do Rio 2016, o americano Kerron Clement. Já o neozelandês Tom Walsh, bronze no Brasil, cravou 22m no arremesso de peso e saiu vitorioso, batendo por apenas 0m01 o campeão olímpico, Ryan Crouser, também dos Estados Unidos.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo