Esporte

"Se não fui à Euro pela personalidade, não vou à seleção", diz Diego Costa

30/08/2016 16h52

Madri, 30 ago (EFE).- O atacante brasileiro naturalizado espanhol Diego Costa, do Chelsea, afirmou que se a decisão de não ter sido convocado pela Espanha para a Eurocopa for justificada por sua personalidade, não voltará mais à equipe nacional, já que garantiu que não irá mudar.

"Se foi pela minha personalidade, não vou mais à seleção porque não vou mudar a minha maneira de jogar, isso me leva a ganhar partidas e fazer gols. Acho que foi mais por rendimento, a imprensa apostou em outros e disseram que eu não estava bem e que não tinha que vir. Foi um conjunto (de fatores)", disse em entrevista ao canal "Movistar 0".

Vicente Del Bosque, o técnico da Espanha na Eurocopa da França, não deu explicações a Diego Costa, que prefere pensar que sua ausência se deveu ao rendimento nas oportunidades que teve na seleção.

"Acho que meu rendimento marcou, sei que não foi dos melhores na seleção. Havia outros que estavam melhor e a seleção rendia muito mais, embora em seus times não jogassem tanto. É uma decisão do treinador que é preciso ser aceita, mas sempre disse que só tenho palavras de agradecimento em relação a Del Bosque", comentou.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo