Topo

Esporte

Hamilton disse que fez "o melhor que podia" após largada ruim em Monza

04/09/2016 13h05

Redação Central, 4 set (EFE).- O britânico Lewis Hamilton, da Mercedes, segundo colocado no Grande Prêmio da Itália, vencido neste domingo pelo o alemão Nico Rosberg, admitiu que depois de perder a liderança na largada, se manteve focado em chegar o mais perto possível do companheiro de equipe.

"Só pensei em recuperar o que havia sido perdido. Tentei voltar para a minha posição inicial, mas vi que Nico ia conseguindo distância. Sabia que a vitória não era mais possível, mas mesmo assim tentei. Consegui o segundo lugar, que era o melhor que podia fazer depois de perder tanto no começo", afirmou o líder do Mundial.

Logo assim que as luzes vermelhas foram apagadas e os carros puderam sair do grid de largada, Hamilton despencou da primeira para a sexta posição, sendo obrigado a fazer prova de recuperação. O britânico, no entanto, assumiu toda a responsabilidade pelo mau começo.

"Perdi muito, mas preciso que meus engenheiros não fiquem nervosos, pois já os disse que a culpa foi minha. Mas não sei exatamente o que aconteceu. Acho que derrapei, como aconteceu com Nico em Hockenheim", disse o líder do Mundial, com 250 pontos, dois acima de Rosberg.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte