Esporte

Organização faz alerta pelo aumento de casos de racismo no futebol inglês

06/09/2016 12h35

Londres, 6 set (EFE).- A organização "Kick It Out" (Chute para Fora), que combate o racismo e a xenofobia no futebol, divulgou relatório nesta terça-feira que aponta para um aumento de incidentes considerados "de ódio" na Inglaterra.

De acordo com a entidade, foram registrados 402 casos de discriminação racial em estádios do país, sendo 193 aconteceram em competições profissionais.

"O futebol percorreu um longo caminho e progrediu muito, para fazer frente ao preconceito, e abrir o jogo para todos. Na atualidade, no entanto, ainda é um esporte muito vulnerável", garantiu Herman Ouseley, presidente da "Kick It Out".

De acordo com o relatório anual do órgão, houve aumento de 2,5% de casos de racismo na última temporada, chegando a 402.

"A cada semana, em todos os campos do futebol inglês, somos testemunhas de incidentes de ódio. A situação se agravou pelos elevados níveis de ódio e preconceito na sociedade, que estão tendo impacto negativo no esporte", lamentou Ouseley.

A entidade fezs apelo para que dirigentes e patrocinadores trabalhem juntos para encarar esse problema, especialmente, com investimento em projetos de educação que promovam a inclusão.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo