Esporte

Real vence, conta com derrotas de rivais e assume ponta isolada do Espanhol

10/09/2016 18h55

Madri, 10 set (EFE).- O Real Madrid teve um sábado para comemorar, com retorno do português Cristiano Ronaldo aos gramados, vitória sobre o Osasuna por 5 a 2, além de tropeços de Las Palmas e Barcelona, que deixaram a equipe comandada pelo francês Zinedine Zidane na liderança isolada do Campeonato Espanhol.

O camisa 7 dos 'Blancos', aliás, abriu o placar da partida no estádio Santiago Bernabéu, logo aos 6 minutos do primeiro tempo, após receber passe açucarado do meia-atacante galês Gareth Bale. Ainda na etapa inicial, Danilo e o zagueiro espanhol Sérgio Ramos ampliaram para os donos da casa.

Depois do intervalo, o Real manteve o embalo na partida, marcando novamente aos 11, com o zagueiro brasileiro naturalizado português Pepe, e aos 16, com o meia croata Luka Modric. Depois disso, o ritmo caiu, e o atacante espanhol Oriol Riera descontou aos 19.

Em seguida, aos 28, o goleiro espanhol Kiko Casilla, do Real, defendeu pênalti do meia compatriota Roberto Torres. Cinco minutos depois, no entanto, o reserva do costarriquenho Keylor Navas não conseguiu parar o zagueiro espanhol David García, que deu números finais ao jogo.

Com a vitória, o Real chegou aos 12 pontos, assumindo a liderança isolada do Espanhol. O recém-ascendido Osasuna, que nos instantes finais da partida perdeu o lateral-direito Tano, expulso, permanece com um ponto na competição, após três jogos disputados.

Mais tarde, o Alavés desbancou o poderoso Barcelona, que contou apenas por cerca de 30 minutos com o trio formado pelo argentino Lionel Messi, o uruguaio Luis Suárez e o brasileiro Neymar, por 2 a 1, e provocou mais uma grande surpresa nesta edição do Espanhol.

A equipe recém-ascendida, que já havia empatado com o Atlético de Madrid, em pleno estádio Vicente Calderón, agora aprontou no Camp Nou, tirando os donos da casa da liderança compartilhada da competição.

Deyverson, atacante formado no modesto Mangaratibense e com passagem pelo Benfica B, abriu o marcador aos 39 minutos do primeiro tempo. O Barça reagiu rápido e deixou tudo igual com o zagueiro francês Jéremy Mathieu. Instantes após empatar, o defensor teve nova chance, ao ficar de frente para o gol, mas isolar a bola.

O time da casa, que já tinha Neymar desde o apito inicial, passou a contar com Messi a partir dos 15 da etapa final, e com o meia espanhol Andrés Iniesta aos 18, mas, ainda assim, sofreu segundo gol, anotado pelo atacante espanhol Ibai Gómez.

Com a derrota, os 'blaugranas' ficaram com seis pontos com que entraram a rodada, ocupando provisoriamente a quarta colocação na tabela. O Alavés, por sua vez, é sétimo, com cinco pontos.

O surpreendente Las Palmas, por sua vez, ficou muito perto de seguir com 100% de aproveitamento, mas acabou sofrendo virada nos instantes finais do duelo com o Sevilla, novo vice-líder, e perdeu duelo por 2 a 1, fora de casa.

O time visitante, que contou com o lateral-direito Michel Macedo e que havia vencido as duas partidas disputadas até aqui, saiu na frente aos 16 minutos do primeiro tempo, graças a gol do meia Tana.

Já sem Paulo Henrique Ganso, susbtituído no intervalo, os anfitriões só conseguiram balançar as redes ao 44 da etapa final, quando já estavam com um a mais em campo, devido a expulsão do zagueiro Pedro Bigas, graças a gol do meia Pablo Sarabia.

No minuto seguinte, o jovem atacante Carlos Fernández marcou o segundo do Sevilla, decretando a vitória no jogo deste sábado.

Mais cedo, o Atlético de Madrid, enfim, conquistou a primeira vitória no Espanhol, ao bater o Celta de Vigo, fora de casa, por 4 a 0, com grande atuação no segundo tempo, especialmente do atacante francês Antoine Griezmann.

O camisa 7 deu passe para o gol do meia espanhol Koke, que abriu o caminho para a conquista dos três pontos, aos 7 minutos do segundo tempo. Depois, duas vezes de cabeça, o artilheiro balançou as redes aos 27 e 34 minutos. Nos instantes finais, aos 43, o atacante argentino Ángel Correa fechou o placar.

Até o jogo desde sábado no estádio dos Balaídos, o time de Filipe Luís, que ficou 90 minutos em campo, havia empatado duas vezes no Espanhol, em duelos com equipes recém-ascendidas à elite. Primeiro ficou na igualdade com o Alavés em 1 a 1, e depois com o Leganés em 0 a 0.

Sem Alexandre Pato, que está lesionado, o Villarreal bateu o Málaga neste sábado por 2 a 0, fora de casa, e quebrou a sequência de empates nas duas rodadas iniciais. Os gols do jogo foram do lateral-esquerdo espanhol Jaume Costa, aos 33 minutos, e do atacante italiano Nicola Sansone, aos 44.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo