Esporte

Pedrosa faz grande prova, vence em San Marino e entra em "rodízio" na MotoGP

11/09/2016 13h14

Misano Adriático (Itália), 11 set (EFE).- O espanhol Dani Pedrosa, da Honda, se sagrou neste domingo o oitavo vencedor diferente em oito provas da MotoGP, ao levar a melhor no Grande Prêmio de San Marino, em que o italiano Valentino Rossi, da Yamaha, foi segundo.

O vice-campeão das temporadas 2007, 2010 e 2012, que não subia no pódio há cinco provas, é o mais novo participante de um histórico rodízio que começou no GP da Itália, disputado no dia 22 de maio, em que a vitória ficou com o espanhol Jorge Lorenzo, da Yamaha.

Na Catalunha, Rossi foi o vencedor; na Holanda foi a vez do australiano Jack Miller, da Marc VDS; na Alemanha, Marc Márquez, da Honda, ficou na ponta; na Áustria venceu o italiano Andrea Iannone, da Ducati; na República Tcheca, o topo do pódio foi ocupado pelo britânico Cal Crutchlow, da LCR Honda; e na Grã-Bretanha cruzou em primeiro o espanhol Maverick Viñales, da Suzuki.

A última vez que a série de oito ganhadores diferentes na principal categoria do Mundial de Motovelocidade aconteceu foi em 2000. Os protagonistas foram o americano Kenny Roberts Jr., os italianos Valentino Rossi, Loris Capirossi e Max Biaggi, o brasileiro Alexandre Barros, o australiano Garry McCoy, o japonês Norick Abe e o espanhol Alex Crivillé.

Com a vitória de hoje, Pedrosa saltou de quinto para quarta na classificação, com 145 pontos. O piloto espanhol hoje largou em oitavo e fez "escalada" até deixar Rossi para trás e cruzar a linha de chegada em primeiro, de maneira inédita na temporada.

O Doutor, com o segundo lugar, foi a 180 pontos, seguindo a redução da diferença para o líder da temporada, Marc Márquez, que foi quarto, e tem 223. A distância entre os dois chegou a ser de 59 pontos e agora é de 43, faltando cinco etapas para o fim do campeonato.

O terceiro colocado na prova de hoje no circuito Marco Simoncelli foi Jorge Lorenzo que ocupa a mesma posição na classificação deste ano, com 162 pontos. Maverick Viñales terminou no quinto lugar, também igualando o posto em que está na tabela, com 136 pontos.

Na Moto2, o italiano Lorenzo Baldassarri, da Forward Kalex, cruzou a linha de chegada em primeiro, de maneira inédita na temporada. O espanhol Álex Rins, da Pons Kalex, ficou em segundo e chegou aos 191 pontos, ficando a três do francês Johann Zarco, da Ajo Kalex.

O ítalo-brasileiro Franco Morbidelli, da Marc VDS Kalex, voltou a fazer boa prova, terminando na quinta colocação. Com isso, o piloto chegou aos 125 pontos, ocupando a sexta posição na tabela de classificação da categoria.

Já na Moto 3, o sul-africano Brad Binder, da Red Bull KTM Ajo, confirmou o favoritismo, venceu, e abriu 106 pontos de frente para o novo vice-líder, o italiano Enea Bastianini, da Gresini Honda, que foi segundo colocado. O espanhol Jorge Navarro, da Estrella Galicia 0,0 Honda, caiu, não completou a prova e agora é terceiro na tabela.

Na próxima etapa da categoria, no GP de Aragão, na Espanha, o primeiro colocado da temporada precisará alcançar a segunda posição para conquistar o título por antecipação.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo