Esporte

Marcelo defende CR7 em comparação com Messi: "Sem dúvidas, o melhor do mundo"

13/09/2016 12h14

Madri, 13 set (EFE).- No eterno debate sobre quem é o melhor jogador do mundo, Cristiano Ronaldo ganhou nesta terça-feira mais um "cabo eleitoral", o lateral Marcelo, que atua com o português no Real Madrid.

Em entrevista coletiva prévia ao duelo de amanhã contra o Sporting, pela Liga dos Campeões, o brasileiro foi questionado sobre uma opinião dada por Xavi, ex-companheiro de Messi no Barcelona, de que o craque argentino está à frente e que CR7 só é o melhor na opinião de torcedores do Real.

"Sempre as pessoas querem falar de Cristiano, mas eu o vejo trabalhar todos os dias. Para mim e para muita gente ele é o melhor do mundo", respondeu Marcelo.

"Embora muitos tentem tirar este mérito de Cristiano, ele ganhou três Bolas de Ouro, faz muito pela equipe e, por sua idade, vai fazer muito mais. É um grandíssimo companheiro, e para mim é, sem dúvidas, o melhor do mundo", acrescentou.

Já em relação ao in/ício da campanha do Real em busca do 11º título da Liga dos Campeões, o brasileiro ressaltou o desafio de buscar o segundo troféu consecutivo no torneio, algo inédito desde a temporada 1992-1993, quando mudou de formato.

"Repetir o título é mais difícil, mas sabemos o que queremos e quais são nossos objetivos. A temporada passada foi difícil, mas nos superamos ganhando a 'Champions'. Não é nada fácil voltar a conquistá-la, mas vamos atrás disso. Nunca nenhuma equipe ganhou duas vezes seguidas, mas estamos aqui para tentar", declarou.

Marcelo destacou o bom ambiente do elenco e o bom começo de temporada como chaves para conseguir o título, mas disse que vê necessidade de melhoras no time.

"É um dos melhores inícios de temporada desde que estou no Real Madrid, mas não podemos pensar que tudo é perfeito, é preciso melhorar coisas a cada dia em treinos e partidas. É um começo muito feliz porque fizemos coisas muito boas", analisou.

O lateral vai voltar à equipe titular após ser poupado no fim de semana contra o Osasuna, pelo Campeonato Espanhol, e apesar de se definir como um "fominha" por querer sempre estar em campo, se mostrou compreensivo com as rotações.

"O técnico sabe muito mais que eu, tem mais experiência, e se tem que fazer as rotações, é pelo bem da equipe. Quem entra tem que dar o máximo. É normal que um jogador queira jogar todas as partidas, mas é preciso entender quando é necessário descansar", afirmou.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo