Esporte

Jogadores argentinos de rúgbi são banidos por clube após agredirem mendigo

Da EFE, em Buenos Aires

14/09/2016 16h22

Três jogadores argentinos do San Cirano, que disputa a primeira divisão do torneio União de Rúgbi de Buenos Aires, foram suspensos definitivamente pelo time por agredir um mendigo, anunciaram nesta quarta-feira os dirigentes do clube.

"No dia de ontem, nos inteiramos deste assustador episódio que foi conhecido através das redes sociais. Só se vê um menino, mas são três os jogadores do clube San Cirano. Um corria e empurrava o mendigo covardemente pelas coisas. Outro filmava e o terceiro dirigia o carro", disse o diretor do clube, Diego Conte.

No vídeo que circula nas redes sociais, é possível ver um homem jogando o mendigo no chão. Depois, ele foge rindo em um automóvel. "Os suspendemos para toda atividade social e esportiva. O que fizeram foi uma aberração", disse o dirigente.

Conte disse que o clube falou com os envolvidos e com suas famílias para que trabalhem com organizações sociais para "reparar a barbaridade que fizeram". "Eles deram uma resposta idiota. Disseram que estavam bêbados, que não se deram conta do que fizeram e que estavam envergonhados", disse o diretor.

O San Cirano divulgou uma nota no qual repudia "energicamente" a ação de seus jogadores e explica que decidiu suspendê-los porque "não representavam os valores que promovemos".

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo