Esporte

Inter volta a fazer feio e sofre 2ª derrota na Liga Europa

29/09/2016 16h26

Redação Central, 29 set (EFE).- Sem contar com alguns de seus principais jogadores, entre eles o atacante Gabigol, que não foram inscritos, a Inter de Milão sofreu nesta quinta-feira a segunda derrota em dois jogos pela Liga Europa ao perder para o Sparta Praga por 3 a 1 na República Tcheca.

Depois de ter sido surpreendida pelo Hapoel Beer-Sheva na estreia, a equipe 'nerazzurra' foi à Generali Arena, em Praga, e não conseguiu se recuperar. O Sparta, por sua vez, obteve o primeiro triunfo no torneio continental.

Os donos da casa abriram 2 a 0 no primeiro tempo, com dois gols de Kadlec, aos sete e aos 25 minutos. Na etapa final, aos 26, Palacio descontou para a Inter, mas Holek marcou o terceiro, cinco minutos depois, e selou o triunfo.

O Hapoel encarou o Southampton no Turner Stadium, em Beer Sheva, e com isso se manteve na liderança do grupo K, com quatro pontos, mesmo número dos 'Saints', que levam a pior no saldo de gols. O Sparta tem três, enquanto o time italiano ainda não pontuou.

A outra representante da Itália que entrou em campo às 14h (de Brasília) pela Liga Europa, a Fiorentina, se saiu melhor. A 'Viola' goleou o Qarabag por 5 a 1 no estádio Artemio Franchi, com dois gols de Babacar e dois de Zárate. Kalinic completou o placar elástico, e Ndlovu fez o de honra dos azeris.

A equipe do técnico Paulo Sousa subiu ao topo do grupo B, com quatro pontos, mesmo número do PAOK Salônica, que foi à República Tcheca e derrotou o Slovan Liberec por 2 a 1 de virada. Com isso, o time anfitrião ficou com um ponto, assim como o Qarabag.

Outra goleada aconteceu em Kuban, onde o Krasnodar fez 5 a 2 no Nice, do zagueiro Dante e do atacante Balotelli. O polêmico atacante italiano até deixou sua marca, mas a noite era dos brasileiros Joãozinho e Ari, que balançaram a rede duas vezes cada. Smolov havia feito 1 a 0 para o representante da Rússia.

O resultado levou o Krasnodar à liderança isolada do grupo I, com seis pontos, contra três de Red Bull Salzburg e Schalke 04. O Nice não somou um ponto sequer.

No outro jogo da chave, os 'Azuis Reais' enfrentou a equipe austríaca em Gelsenkirchen e venceu por 3 a 1, graças a gols de Goretzka, Caleta-Car (contra) e Höwedes. Jonatan Soriano descontou.

Último campeão da Copa da Uefa, precursora da Liga Europa, o Shakthar Donetsk também chegou a dois triunfos, na ponta do grupo H, com um 2 a 0 sobre o Braga em Lviv, sua casa desde o início da crise na Ucrânia.

O Shakhtar lidera o grupo H, com seis pontos, contra quatro do Gent, que jogou em casa diante do Konyaspor e venceu também por 2 a 0, com um gol do brasileiro Renato Neto.

Outro time 100% é o Ajax, que bateu o Standard de Liège por 1 a 0 e se manteve à frente no grupo G. O único gol do duelo na Amsterdam Arena foi marcado por Dolberg, o que levou os comandados de Peter Bosz a seis pontos, dois a mais que o Celta de Vigo. A equipe espanhola recebeu o Panathinaikos no Balaídos e levou a melhor por 2 a 0.

No grupo L, o líder é o Villarreal, de Alexandre Pato, que empatou com o Steaua Bucareste em 1 a 1 na Romênia. O 'Submarino Amarelo' tem quatro pontos, e o adversário, apenas um. A chave conta ainda com Zurich e Osmanlispor, que marcaram três pontos cada. Nesta quinta, a equipe suíça derrotou a turca por 2 a 1 como mandante.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo