Esporte

Após polêmica, Federação Inglesa alerta que Allardyce pode ser inabilitado

Anthony Devlin/AFP
Sam Allardyce deixou o cargo de técnico da seleção inglesa após escândalo Imagem: Anthony Devlin/AFP

Da EFE, em Londres

01/10/2016 16h56

O diretor-executivo da Federação Inglesa de futebol (FA), Martin Glenn, alertou neste sábado que Sam Allardyce, ex-técnico da Inglaterra, pode ser "multado ou inabilitado" por ter sido flagrado em vídeo admitindo que burlava a regulamentação da Fifa de registro de jogadores.

Allardyce, de 61 anos, que foi contratado para treinar a seleção há pouco mais de dois meses, foi destituído na terça-feira passada, após a polêmica ser revelada pelo jornal "The Telegraph".

"É mais que provável que seja multado ou inabilitado. Não sou eu quem decide, mas quando forem apresentadas todas as provas a decisão será tomada", explicou Glenn.

No vídeo, Allardyce aparece negociando com supostos empresários um acordo avaliado em 400 mil libras (R$ 1,68 milhão) para representar uma empresa de investidores asiática e fazer palestras em determinados eventos.

O técnico também explica para outro repórter - apresentado como empresário - como burlar a legislação sobre a propriedade de jogadores por terceiros, uma prática proibida pela FA desde 2008. A Fifa também proibiu a participação de investidores na compra de direitos econômicos de jogadores.

Allardyce também faz críticas à FA no vídeo. Segundo ele, a federação só está interessada em "fazer dinheiro" e, depois que se transformou na mais rica do mundo, gastou "de maneira estúpida 870 milhões (de euros) no estádio de Wembley".

A FA espera que "The Telegraph" divulgue a transcrição completa dos vídeos antes de empreender ações contra Allardyce. Glenn declarou que se sente "decepcionado" pelo técnico e que a decisão de retirá-lo "não foi nada fácil".

"Acredito que, por razões puramente futebolísticas, (Sam) era uma grande escolha. Meu instinto me disse: 'Vamos ver o que acontece e esperemos um pouco para tentar que funcione'. Mas quando tudo foi revelado, sabíamos que isto era algo que comprometeria a FA", comentou o dirigente.
 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo