Topo

Esporte

Tite afirma que Brasil precisa ser forte mesmo sem Neymar

07/10/2016 02h22

Natal (Brasil), 6 out (EFE).- O técnico da seleção brasileira, Tite, destacou nesta quinta-feira a atuação do atacante Neymar na goleada de 5 a 0 sobre a Bolívia, e admitiu que a equipe precisará mostrar força na próxima terça-feira, quando enfrentará a Venezuela pela 10ª rodada das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2018 sem o camisa 10, que levou o segundo cartão amarelo e está suspenso.

Neymar fez um e deu passes para dois gols, mas recebeu um cartão amarelo ainda no primeiro tempo, após uma pequena confusão com um adversário, o que "incomodou" toda a equipe, como afirmou o treinador brasileiro durante entrevista coletiva na Arena das Dunas, em Natal, local da partida.

"A equipe tem que ser forte sem Neymar e quando ele estiver jogando, tem que ajudar a fortalecê-la", afirmou Tite, lembrando em seguida o grande número de partidas que o atacante do Barcelona realizou nas últimas semanas.

Tite, mais uma vez, enfatizou que é "desumano" colocar toda a responsabilidade da seleção brasileira sobre Neymar.

Em relação ao jogo contra os bolivianos, o treinador disse estar satisfeito com a "maturidade" mostrada pela sua equipe, que sofreu um número "excessivo" de faltas.

Com 18 pontos, o Brasil está na segunda colocação das Eliminatórias Sul-Americanas, atrás apenas do Uruguai, que soma 19. EFE

rso/phg

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte