Esporte

Por doping, CAS suspende 5 russos da marcha atlética por quatro anos

13/10/2016 14h33

Redação Central, 13 out (EFE).- A Corte Arbitral do Esporte (CAS) suspendeu nesta quinta-feira, por quatro anos, cinco marchadores russos, que testaram positivo em exame antidoping pelo uso de eritropoetina (EPO), durante período de treinos, em 2 de junho do ano passado.

Os atletas envolvidos são Elmira Alembekova, Vera Sokolova, Ivan Noskov, Mikhail Ryzhov e Denis Strelkov. Todos foram apontados como culpados por violar as regras antidoping da Federação Internacional de Atletismo (IAAF).

A CAS se tornou responsável pelo julgamento dos casos que estavam pendentes na Rússia, devido a suspensão da entidade local da modalidade pela IAAF, justamente, por descumprimento de normas sobre controle de doping.

A suspensão dos cinco atletas, com a decisão de hoje, começou a valer a partir de julho deste ano. Além disso, os marchadores terão resultados entre junho e julho de 2015 anulados, assim como terão que devolver prêmios, troféus, medalhas, entre outros itens obtidos no período.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo